Dourados – MS domingo, 20 de setembro de 2020
Dourados
27º max
16º min
Dia-a-Dia

Grandão e Patrus participam da I Feira da Reforma Agrária

29 Out 2015 - 07h00
Deputado João Grandão e o Ministro  Patrus Ananias. - Crédito: Foto:  Rubens NetoDeputado João Grandão e o Ministro Patrus Ananias. - Crédito: Foto: Rubens Neto
A partir deste ano, a Reforma Agrária terá uma feira nacional anual, com o objetivo de comercializar alimentos e produtos diretamente do produtor dos assentamentos para o consumidor final, além de promover apresentações culturais e debates com temas importantes para a sociedade, como agroecologia, políticas públicas de comercialização, os perigos dos agrotóxicos e transgênicos, saúde e educação rural e outros.


O evento é promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e sua primeira edição foi realizada, entre os dias 22 e 25 de outubro, no Parque da Água Branca, na capital paulista. Entre os convidados presentes, o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias, o deputado estadual João Grandão (PT/MS) e parlamentares estaduais e federais de demais estados, além de importantes lideranças de movimentos sociais diversos e do próprio MST, como João Paulo e João Pedro Stédille.


“É muito bom estar aqui representando nosso querido Mato Grosso do Sul, revendo velhos amigos de militância, relembrando os bons tempos de coordenador do Núcleo Agrário do PT na Câmara Federal, e participando de debates tão importantes não apenas para os produtores, mas para toda a sociedade”, disse o deputado.


Entre os assuntos debatidos no evento, o deputado destacou a Agroecologia que, de acordo com ele, é a única saída para termos uma alimentação saudável, livre de agrotóxicos, de adubos químicos industrializados e sementes modificadas. “Os alimentos agroecológicos, produzidos por camponeses de um jeito que respeita a natureza, não faz adoecer nem a terra, nem as pessoas que nela trabalham e nem o Meio Ambiente e os consumidores. Esse caminho só é possível pela via da Reforma Agrária Popular e pela agricultura familiar”, completou. O ministro do MDA, Patrus Ananias, também ressaltou a agroecologia e a agricultura familiar, além d o cooperativismo como o tripé essencial de sustentação e de trabalho do ministério, capaz de levar ao País uma proposta de desenvolvimento economicamente viável, socialmente justo e ambientalmente sustentável.


“A terra não pode ser exclusivamente um bem de mercado, que visa somente o lucro. Temos que debater e repensar isso e ninguém melhor do que vocês, camponeses, camponesas e pequenos produtores rurais para disseminar essa nova forma de pensar a terra, como um bem público, com função social e sustentável para o presente e futuro”, disse o ministro às mais de 2 mil pessoas presentes.


O deputado João Grandão levará esse debate para Assembléia Legislativa, dia 26 de novembro, n a audiência pública sobre Agroecologia que reunirá representantes e especialistas de vários setores relacionados.

Deixe seu Comentário