Dourados – MS sexta, 04 de dezembro de 2020
Dourados
30º max
21º min
Imaculada-Desk
Imaculada-Mobile
Dia-a-Dia

FNDE anuncia R$ 1,5 mi para o Vargas

17 Nov 2010 - 19h13
Geraldo define com FNDE, empenho de recursos para o Presidente Vargas
Foto: divulgação - Geraldo define com FNDE, empenho de recursos para o Presidente Vargas Foto: divulgação -
BRASÍLIA - Até o final da semana que vem o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) vai empe-nhar R$ 1,5 milhão para o projeto de reconstrução da Escola Estadual Presidente Vargas, de Dourados. O anúncio foi feito pelo diretor de Programas e Projetos Educacionais do órgão, Leopoldo Jorge Alves Junior, durante audiência reali-zada ontem, em Brasília.

De acordo com Leopoldo Júnior os empenhos atenderão duas emendas parlamentares de R$ 750 mil cada, apresenta-das pelos deputados federais Geraldo Resende e Waldemir Moka (ambos do PMDB-MS). Geraldo Resende, por sua vez, assumiu o compromisso de apresentar uma nova emenda de R$ 1 milhão no Orçamento Geral da União/2011, destinada à construção do anfiteatro da escola.

A audiência foi acompanha pela secretária estadual de Educação de Mato Grosso do Sul Nilene Badeca. Ela anunciou que o governo do Estado vai aplicar, no projeto, uma contrapartida de R$ 1,6 milhão. Com as emendas já apresentadas, somadas à contrapartida estadual e à nova emenda de Geraldo Resende, já estão assegurados R$ 4,1 milhões.

Uma nova reunião está marcada para 29 de novembro, desta vez com o secretário executivo do Ministério da Educa-ção José Henrique Paim, quando serão decididos os valores que a Pasta investirá no colégio em Dourados. O governador André Puccinelli também deverá participar desta rodada de negociações.

#####OMISSÃO

Em razão dos longos anos sem qualquer reforma ou manutenção a estrutura física da Escola Presidente Vargas tor-nou-se um verdadeiro escombro, apresentando rachaduras nas paredes, infiltrações, telhas quebradas, banheiros em pés-simas condições de funcionamento, bebedouros enferrujados, entre outros problemas, obrigando o governo do Estado a transferir as aulas para um outro prédio, alugado.

A situação foi relatada por Geraldo Resende em dossiê entregue ao governo do Estado e ao Ministério da Educação em 2007. Desde então, várias articulações já foram feitas visando à completa reconstrução da escola. “Sou fruto da edu-cação proporcionada pelo Presidente Vargas, daí o carinho que devoto à escola”, salienta Geraldo. “Infelizmente, passa-ram-se mais de 30 anos, sem que ninguém atentasse para o abandono desse estabelecimento de ensino, omissão que agora estamos tentando suplantar”.



Deixe seu Comentário