Dourados – MS sábado, 24 de outubro de 2020
Dourados
31º max
21º min
Influx
Dia-a-Dia

“Estamos fazendo trabalho sério”, diz Murilo

30 Mai 2011 - 07h43
Foto: Assecom - Foto: Assecom -
DOURADOS - Durante uma hora, prefeito de Dourados falou a ouvintes de emissora de rádio sobre o trabalho nos cem primeiros dias da administração e anunciou novos projetos

Na próxima quinta-feira, 2 de junho, Murilo Zauith completa cem dias como prefeito de Dourados. Para marcar a data, fará um balanço da administração na sessão que a Câmara de Vereadores realiza no dia 1º, quarta-feira, às 16h. Também vai à Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), no dia 6, às 19h.

Na manhã de sábado, o prefeito falou pela primeira vez ao público sobre os três meses e dez dias de mandato. Durante pouco mais de uma hora, ele foi entrevistado na rádio Grande FM pelos jornalistas Eduardo Palomita e Osvaldo Duarte.

De forma clara e direta, Murilo respondeu a todas as perguntas feitas pelos radialistas e também aos questionamentos encaminhados pelos moradores por telefone e pela internet.

Falou das ações desenvolvidas até agora e apresentou metas importantes que estão sendo elaboradas pelo que chamou de “fábrica de projetos”, entre as quais a construção do anel viário sul, ligando a BR-376 (saída para Fátima do Sul) ao Clube do Laço, na BR-463, passando pelos fundos do Distrito Industrial. “Projeto para cinco anos”. (Assecom)

Murilo disse que as pessoas têm o direito de criticar e reivindicar, mas pediu respeito à administração e ao trabalho que está sendo desenvolvido. “Podem não gostar do Murilo, podem criticar a administração, mas é preciso respeito, pois estou focado, trabalhando com responsabilidade, fazendo um trabalho sério, zelando pelo dinheiro público e confiante de que estamos no rumo certo”.

O prefeito avaliou como muito positivo o trabalho realizado nesses cem dias de administração. “Estamos resgatando na população o orgulho que representa o nome de Dourados. As autoridades que vêm aqui são tratadas com respeito. Agora temos uma relação republicana com os poderes”.

#####Saúde
Sobre a saúde, Murilo disse que os números referentes aos cem dias mostram que o setor começou a melhorar. “A saúde está melhorando. Eu nunca disse que ia resolver todos os problemas em três meses. Quem fala isso está sendo leviano, não está sendo verdadeiro. Falei que vai ser uma busca permanente a melhoria da saúde em nós estamos trabalhando nisso”.

Segundo ele, a parte que cabe à prefeitura – a saúde básica oferecida através dos postos de saúde e do Saúde da Família – já está melhor. “Encontramos um estado de sucateamento dos equipamentos. Quando entramos não tinha raio-X funcionando. Aí pifou o raio-X do HU e a população ficou sem atendimento através do SUS. Agora estamos reformando o PAM e vamos fazer ali um centro de imagem”.

Em relação aos medicamentos, Murilo disse que a prefeitura já licitou 700 dos 2.000 itens de medicamentos que são comprados pela prefeitura e está programando a aquisição de remédios, através de pregão eletrônico, para atender a demanda durante um ano, com entrega mensal. “Havia 8 anos que a prefeitura só fazia compra emergencial. Estamos seguindo todos os trâmites e vamos fazer a compra de todos os 2.000 itens, de forma legal e honesta”.

#####Mutirões
Murilo afirmou na entrevista que 700 pessoas já foram atendidas através dos mutirões de consultas com especialistas que estão sendo realizados no PAM e no CAM (Centro de Atendimento à Mulher) e explicou a mudança no sistema de marcação de consultas e exames, que agora funciona de forma programada. “Acabou a política de fura-fila”.

Após a redução das consultas represadas, o prefeito disse que a Secretaria de Saúde já está organizando os mutirões de cirurgias. O primeiro será para atender pacientes que precisam de cirurgia de catarata, setor com maior demanda. Os procedimentos serão feitos no HU (Hospital Universitário.

#####Ruas
O prefeito reconheceu que a cidade ainda tem muito buraco, mas o trabalho de recuperação das ruas continua, com cinco equipes, e vários bairros e ruas principais já receberam a ação emergencial. Pelo menos R$ 2 milhões em recursos próprios - “de economia que estamos fazendo no dia a dia”, segundo Murilo – já foram gastos em tapa-buraco.

“Sabemos que não vai resolver porque o asfalto está podre. É igual tapar um dente cariado, não resolve e a dor de dente continua. Quando começar a época das chuvas vai abrir de novo. Por isso já estamos fazendo um projeto de recapeamento e vamos começar pelas vias de maior tráfego e de ligações de bairro”, informou Murilo.

###“Dourados vive novo tempo”
Ao fazer o balanço dos cem dias da administração em entrevista à Grande FM, o prefeito Murilo Zauith disse que Dourados vive um novo tempo. “Dourados estava sucateada, judiada em todos os setores. Estamos trabalhando, começamos a atender os bairros, sem esperar recursos de fora, apertando o cerco e economizando para investir na recuperação da malha asfáltica e das ruas sem asfalto”.

Conforme o prefeito, pelo menos 40% dos bairros de Dourados não têm asfalto e em algumas regiões as ruas de terra estão intransitáveis, com enormes valetas que impedem os moradores de andar até de bicicleta. Murilo disse que esses bairros já começaram a ser atendidos com os mutirões de recuperação, já executados na Vila Cachoeirinha e que chegaram agora no Jardim Novo Horizonte e nesta semana serão levados para o distrito de Itahum. O Jardim Carisma também será atendido nos próximos dias.

#####Onda Verde
Na entrevista, o prefeito anunciou o projeto de retirada das três rotatórias existentes na Avenida Marcelino Pires e instalação de mais semáforos. “Vamos implantar na Marcelino a Onda Verde, que permite ao motorista entrar no Monumento ao Colono e atravessar até o parque do Flórida com todos os sinais verdes, com uma limitação de velocidade”.

Murilo informou ainda que já encaminhou à Câmara de Vereadores a proposta de uma audiência pública para discutir o fim do tráfego de caminhões pelo perímetro urbano a partir da conclusão do anel viário oeste, ligando a BR-463 até a MS-156, na saída para Itaporã.

Segundo ele, a empresa que executa as obras do anel viário prevê a conclusão desse trecho até agosto deste ano. “Vamos discutir a proibição do tráfego de carretas pela cidade. Vamos criar a Agência de Trânsito para cuidar desse trabalho”.

#####Perímetro urbano
O prefeito disse que já planeja o crescimento de Dourados para os próximos anos. A prefeitura vai mandar para a Câmara de Vereadores uma proposta de ampliação do perímetro urbano e definição de regras para administrar a ocupação desse espaço.

“Vamos evitar que a cada demanda tenha que mexer no perímetro urbano. Queremos democratizar e deixar a relação da prefeitura com as pessoas e com a iniciativa privada bem transparente”, afirmou Murilo Segundo o prefeito, o projeto que será encaminhado à Câmara vai sugerir a ampliação do perímetro urbano na parte sul da cidade até o Distrito Industrial, até a Cidade Universitária, na região oeste, e até a reserva indígena, na parte norte.

#####Semiaberto
Como projeto para os próximos meses, Murilo também anunciou a intenção de usar o prédio onde funciona o regime semiaberto, na rua Hayel Bon Faker, em um Ceim (Centro de Educação Infantil Municipal). O local foi interditado pela Justiça e o semiaberto terá de funcionar em outro local. O prefeito tem intenção de alugar o prédio e transformá-lo em um Ceim. Antes da instalação do presídio, no local existia uma escola particular e segundo Murilo a estrutura é ideal para funcionamento de uma unidade de educação infantil.

Deixe seu Comentário