Dourados – MS terça, 29 de setembro de 2020
Dourados
37º max
21º min
Dia-a-Dia

Em noite de homenagens, Guarda Mirim realiza Aula Inaugural em Dourados

14 Nov 2015 - 07h00Por Yara Aquino
Integrantes da turma “Francisco Libório da Silveira” que homenageia o primeiro douradense a comandar a PM  em MS. - Crédito: Foto: Hedio FazanIntegrantes da turma “Francisco Libório da Silveira” que homenageia o primeiro douradense a comandar a PM em MS. - Crédito: Foto: Hedio Fazan
Emoções à parte, a noite de quinta-feira entrou para a história de Dourados como o dia do renascimento da Guarda Mirim. A nova entidade, criada por um grupo de voluntários conduzido pelo comissário de menores aposentado João Frazão, realizou a Aula Inaugural do grupo de 112 adolescentes, com a participação do desembargador e coordenador estadual da Infância e da Juventude no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), Eduardo Machado Rocha, em cerimônia que lotou o auditório da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced).

Diante dos pais e familiares, os adolescentes desfilaram para o degrau mais alto do espaço reservado aos integrantes da turma “Francisco Libório da Silveira”, que homenageia o primeiro douradense a comandar a PM (Polícia Militar) em Mato Grosso do Sul, que, em discurso emocionado, enalteceu a importância do feito. “As homenagens todas devem ser dirigidas a esses jovens e meninas que serão os futuros guardas mirins da nossa sociedade”.

Ensinamentos

O presidente da Guarda Mirim lembrou, na abertura do evento, os ensinamentos adquiridos com o juiz João Adolfo Astolfi, de quem foi auxiliar por mais de 12 anos no Corpo de Comissariado da Vara da Infância e Adolescência do Fórum de Dourados e com o desembargador Eduardo Rocha, quando juiz na Comarca.

“É com muita honra que destacamos essas duas pessoas, o doutor João, que agora dá nome a nossa Guarda Mirim e o doutor Eduardo, que escolhemos para ser o patrono da primeira turma”, justificou João Frazão.
A viúva do juiz homenageado, Sônia Astolfi, quase foi às lágrimas ao agradecer a homenagem prestada ao marido. Disse que ele se sentiria muito mais feliz se estivesse presente e que o trabalho a ser desenvolvido com esses menores “para dar um encaminhamento de ética e cidadania na vida deles, é tudo o que ele [João Astolfi] mais quis e mais incentivou quando coordenou a Vara da Juventude em Dourados”.

Compromissos

Representando o governador Reinaldo Azambuja, o vice-presidente da Guarda Mirim e diretor da Agepen (Agência estadual do Sistema Penitenciário), Ailton Stropa Garcia, anunciou que o Estado vai assumir a construção da nova sede, na área cedida pelo prefeito Murilo Zauith, como prioridade para as ações de 2016; foi aplaudido. Pela Assembleia Legislativa, o deputado Zé Teixeira se comprometeu a reunir os demais membros da bancada douradense para colocar emenda coletiva no Orçamento do ano que vem, em apoio às atividades da Guarda Mirim. Representando o prefeito, o diretor da Guarda Municipal João Vicente Chencareck desejou que no futuro “esses jovens também venham a fazer parte da nossa Guarda” e o vereador Sergio Nogueira, falando em nome da Câmara de Dourados, disse que o Legislativo vai continuar sendo parceiro da Mirim.

Após as homenagens a todas as entidades e personalidades que ajudaram a construir a nova Guarda Mirim de Dourados, o desembargador Eduardo Machado Rocha proferiu saudação especial aos adolescentes que passam a fazer parte da primeira turma. Lembrou que a primeira Guarda, no Município, foi criada pelo pioneiro Vlademiro Muller do Amaral, falou das ações da ex-Patrulha Mirim (também lembrada por Zé Teixeira, no trabalho do deputado George Takimoto) e depois recomendou aos jovens iniciantes dessa turma “que busquem ser cada vez mais dedicados, dentro dos princípios do respeito, da obediência, da apreciação pelos valores morais e da honestidade, para contribuírem com a formação cidadã que o nosso País precisa”.

Deixe seu Comentário