Dourados – MS domingo, 09 de agosto de 2020
Dourados
32º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
SIMTED

Educadores mostram que greve é por tempo indeterminado

07 Jul 2016 - 07h46Por Do Progresso
Servidores da Educação de Dourados (MS) realizaram uma passeata pelo centro da cidade na tarde desta quarta-feira (06). Esclarecendo à população o descaso da prefeitura com a Rede Municipal de Ensino, os manifestantes afirmaram que a paralisação é por tempo indeterminado.

Por volta das 14h, professores e administrativos se reuniram na praça Antônio João, onde realizaram uma panfletagem e conversaram com a população sobre a greve nas escolas e creches do município e o pedido de instalação de uma CPI na Educação municipal.

Com a colaboração da Guarda Municipal, os grevistas saíram em passeata pela Avenida Marcelino Pires, passando pela Rua Dr. Camilo Hermelindo da Silva e Avenida Joaquim Teixeira Alves, retornando à praça central.


Com faixas, cartazes e discursando num carro de som, os trabalhadores esclareceram à sociedade douradense que o prefeito não cumpriu a Lei do Piso do Magistério e reposição salarial do grupo administrativo da Educação do município.

Os servidores são mal remunerados e não recebem o reajuste inflacionário há cerca de dois anos. O chefe do executivo se recusa a dialogar com a categoria, mostrando o claro descaso com o ensino, que passa por um processo de sucateamento na rede municipal.

Os profissionais também cobraram os vereadores para que cumpram o papel de fiscalizar a gestão executiva em Dourados. Há indícios de que existem problemas na gestão orçamentária para que os 25% sejam de fato aplicados em Educação.

A presidenta do SIMTED, Gleice Barbosa, esclareceu durante o ato que a greve é por tempo indeterminado, até que os acordos salariais sejam honrados pelo prefeito. Ela agradeceu o apoio recebido da população e a colaboração da Guarda Municipal para a importante manifestação dos educadores.

Na manhã desta quinta-feira (07), os trabalhadores da Educação em greve realizam um ato na frente da Câmara Municipal. Na sexta (08), eles se reunirão em Assembleia Geral para encaminhamentos da greve e devem buscar diálogo com a SEMED (Secretaria Municipal de Educação de Dourados).

Vídeo: Divulgação/SIMTED

Deixe seu Comentário