Dourados – MS terça, 22 de setembro de 2020
Dourados
29º max
16º min
Saúde

Dourados recebe lote de vacina contra gripe

13 Mai 2016 - 06h00
Prefeitura regulariza estoque de vacina contra gripe nos Postos de Saúde de Dourados. - Crédito: Foto: DivulgaçãoPrefeitura regulariza estoque de vacina contra gripe nos Postos de Saúde de Dourados. - Crédito: Foto: Divulgação
A Prefeitura de Dourados através do Núcleo de Programas de Imunização da Secretaria de Saúde faz uma "força-tarefa" para distribuição de doses de vacina contra gripe nas unidades básicas de saúde da família. Um novo lote para regularizar os estoques dos postos chegou na quarta-feira (11) com 24 mil doses e nesta quinta-feira iniciada a distribuição.


Os agentes do Núcleo intensificam as ações e o objetivo é distribuir as doses em todas as unidades no menor tempo possível. O quantitativo deve ser suficiente para imunizar o público alvo da campanha que precisa receber a vacina nos postos, composto por aquelas pessoas que tem mais risco de ter gripe.


Devem tomar as doses crianças a partir de seis meses até menores de cinco anos de idade, gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); povos indígenas a partir de seis meses de idade; idosos (acima de 60 anos de idade); profissionais da saúde e portadores de doenças crônicas.


Mais um lote de 4 mil doses ainda é aguardado para imunização dos demais integrantes do público alvo que são adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que estão sob medidas socioeducativas, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.


A Secretaria Municipal de Saúde, através do Núcleo de Programas de Imunização, esclarece que o papel do município dentro da Campanha é receber as doses, organizar a distribuição nas unidades básicas de saúde da família e aplicar na população. Isso é feito com sucesso e agilidade para o melhor atendimento aos douradenses.


A aquisição da vacina para fornecimento à população é de inteira responsabilidade do Governo Federal, que envia aos Estados para posterior entrega aos municípios para que apliquem.


Este ano houve dias de falta de vacina ou pouca disponibilidade nas unidades de saúde por períodos contínuos durante a campanha. A prefeitura esclarece que isso ocorreu devido à grande procura aliada ao quantitativo pouco suficiente que o Ministério da Saúde havia encaminhado até então.


Para o Dia "D" da Campanha, realizado no dia 30 abril (sábado), foram enviadas pela União ao município apenas 40% do volume considerado ideal para imunizar o público alvo. No dia 03 (terça-feira), mais 9 mil doses chegaram, apenas 10% a mais do que já havia chegado.


Somado o lote de 24 mil doses que chegou nessa quarta-feira, mais as doses que vão chegar para atender ao sistema prisional, o município atinge os 100% necessários para o cumprimento da meta de imunizar todo o público alvo.


Quem quer tomar a vacina ou tem dúvidas sobre as regras, deve procurara a unidade básica de saúde da família mais próxima de casa das 8h às 11h ou das 13h às 17h.

Deixe seu Comentário