Dourados – MS sábado, 22 de fevereiro de 2020
Dourados
30º max
18º min
Dia-a-Dia

Dourados faz nova ação de combate à dengue

12 Nov 2010 - 14h02



O município de Dourados realiza na próxima terça-feira (16) uma nova ação de combate ao mosquito transmissor da dengue. Com participação da maioria dos setores da administração pública, o trabalho de orientação e de limpeza chega à região dos bairros Vila Rosa e Vila Índio.

A ação faz parte da campanha de combate à doença, lançada pela prefeita Délia Razuk em outubro, na Escola Municipal Etalívio Penzo, no Parque das Nações II.

Como o tema “Vamos cuidar de Dourados, a dengue está em todo lugar”, a campanha reúne entidades e clubes de serviços, que ajudam nos mutirões de limpeza, coleta de materiais recicláveis, orientações diversas por meio de panfletagem, visitas domiciliares, além de gincanas com alunos de escolas públicas e particulares de Dourados.

De acordo com o coordenador do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Eduardo Arteiro Marcondes, além das ações que têm sido desenvolvidas em micro-áreas, o setor de saúde pública do município está se preparando para um trabalho mais eficaz no combate ao mosquito Aedes aegypti. Ele explica que independente da campanha que tem sido desenvolvida em diferentes bairros de Dourados, estão sendo organizados “arrastões” em locais de procriação do mosquito.

Com o envolvimento dos agentes de endemias, será feito um extenso trabalho de cobertura em toda a cidade todo, conforme explicou Marcondes. Ele disse que a ideia é manter a ação de controle da doença nas micro-áreas e ao mesmo tempo fortalecer o trabalho preventivo através das visitas domiciliares.

Para o coordenador do CCZ, os arrastões vão representar o suporte à campanha, já que a presença dos agentes de endemias nos domicílios fortalece a conscientização dos moradores. “Com estas visitas, as pessoas ficam mais alertas sobre a importância da união de esforços no combate ao mosquito da dengue. Se cada um fizer a sua parte, os focos da doença vão diminuir sensivelmente”, enfatizou.

A meta do CCZ é fazer 40 visitas domiciliares diariamente até o dia 23 de dezembro, totalizando 78 mil domicílios. Os levantamentos mostram que em Dourados existem hoje em torno de 84 mil imóveis.

Números da dengue
Conforme estatísticas do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, os bairros de Dourados com maior incidência da doença neste segundo semestre continuam sendo o Parque das Nações I, Parque das Nações II, Jardim Canaã IV, Jóquei Clube e Jardim Márcia.

Ainda de acordo com o levantamento sobre os índices de dengue na cidade, de janeiro até agora foram notificados 8.073 casos da doença, dos quais 4.652 deram resultado positivo. A maioria dos registros (57,9%) é de dengue clássica. Seis pessoas morreram em decorrência da dengue neste ano em Dourados.

Deixe seu Comentário