Dourados – MS terça, 20 de outubro de 2020
Dourados
32º max
20º min
Influx
Dia-a-Dia

“Dourados em Revista, é um desafio”

20 Jun 2011 - 22h00
Um dos objetivos do programa é tratar de assuntos que ajudem o telespectador a refletir - Crédito: Foto : Hédio Fazan/PROGRESSOUm dos objetivos do programa é tratar de assuntos que ajudem o telespectador a refletir - Crédito: Foto : Hédio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS - Com uma programação totalmente voltada ao resgate de valores considerados imortais, o professor Benê Cantelli estreiou no dia 11 deste mês o maior desafio de sua carreira de apresentador. Trata-se do programa “Dourados em Revista”, transmitido ao vivo de segunda a sábado na TV Grandourados, canal 9, das 17h30 às 18h30.

De acordo com Benê é um programa interativo, justamente porque é ao vivo, permitindo que sejam divulgadas notícias em tempo real e dar oportunidade ao telespectador fazer perguntas. “É um desafio enorme, pois exige muito, além de presença de espirito, bastante conhecimento dos assuntos em geral”, avalia.

A trajetória de Benê na TV é antiga. Em 1994, ele comandava o programa “Momento Objetivo”, na extinta TV Caiuás. Antes disso, na década de 80, ele tinha um programa dominical na Rádio Caiuás chamado “Rádio Taxi”, voltado para participação do ouvinte com os mais diversos temas.



Além de professor, Benê confessa que sua grande paixão é a mídia. Além do recente programa “Dourados em Revista”, há sete anos Benê é articulista do O PROGRESSO. Ele veicula artigos todas as segundas-feiras, sempre com um tema diferente. “Apesar da dificuldades, só o amor e a dedicação me mantém nesta atividade”, avaliou.

O PROGRAMA

O objetivo da criação do programa foi rever assuntos relacionados ao passado e o presente e fazer uma comparação, levando o telespectador a uma reflexão sobre os mais diversos temas.

Para falar sobre os temas, Benê diz que convida pessoalmente os entrevistados. “Tudo tem que ser preparado com dois dias de antecedência, pois não pode haver falhas, já que nos propomos fazer um programa ao vivo”, ensina Benê.

Normalmente os entrevistados convidados em dupla e pessoas que colaboram de alguma forma com o crescimento e desenvolvimento da cidade. Pelo programa já passaram diversas personalidades como, Jairo Quadros e a psicóloga Luzia Amigo que debateram o namoro, ontem, hoje e amanhã.

Os alunos, Rodrigo e Gislaine, do curso de Artes Cênicas da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD); o presidente do Conselho Fiscal do Observatório Social de Dourados, Romem Barleta e o economista e articulador do Jornal O PROGRESSO, Manoel Cardoso; o arquiteto e urbanista Luiz Carlos Ribeiro e o empresário Rui Barbosa. O repórter policial da Rádio Grande FM, Osvaldinho Duarte; a diretora presidente do O PROGRESSO, Adiles do Amaral Torres e o radialista Amarildo Ricci da Grande FM, que fizeram uma retrospectiva da trajetória do jornal, que é pioneiro em Mato Grosso do Sul.

Como é um programa que trata de diversos temas, ontem foram convidados os empresários Jairo de Osti e Junji Miyakawa. Hoje o tema será educação infantil. Para discutir sobre esse tema, foram convidados a pedagoga Fátima Frota, que falará também sobre o programa “Progresso na Educação, Ensinando a Ler o Mundo”, que integra o programa da Associação Nacional dos Jornais (ANJ) e o professor Domingo Vega, da Escola João Vicente Azambuja, de Itahum.

O professor Benê diz que procura também levar para o programa assuntos polêmicos. Já está agendado, por exemplo, um debate sobre cotas para estudantes negros, índios, alunos de escola pública. Para esse tema, Benê diz que vai convidar uma pessoa que tenha opinião contra e outra a favor.

“É um tema relevante, que mexe com a sociedade. Muita gente é a favor e outra é contra. Vamos ouvir os dois lados e dar a oportunidade para o telespectador formar uma opinião a respeito do assunto”, adiantou Benê. O programa também oferece um quadro de pegadinhas, chamado “Câmera Indiscreta”, como forma de entretenimento, destacou Benê.

Deixe seu Comentário