Dourados – MS sábado, 24 de outubro de 2020
Dourados
31º max
21º min
Influx
Dia-a-Dia

Dourados anuncia concurso público

29 Abr 2011 - 05h15
Prefeitura de Dourados deve por fim aos contratos e lançar concurso público - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSOPrefeitura de Dourados deve por fim aos contratos e lançar concurso público - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS – O Ministério Público Estadual (MPE), através da 10ª Promotoria, encaminhou recomendação à prefeitura de Dourados sugerindo o fim dos contratos no funcionalismo público e abertura de edital de Concurso Público de Provas e Títulos. O prazo estipulado para o cumprimento da sugestão é de 90 dias. São 1.295 cargos comissionados que deverão ser substituídos por efetivos através do concurso.

De acordo com o documento, assinado pelo promotor Ricardo de Melo Alves, foi verificado no caso da Saúde e Educação que o fundo municipal de ambas pastas acabam custeando estes profissionais que estão atuando de forma ilegal por não terem passado pelo concurso público. Segundo a promotoria, a prefeitura tem o prazo máximo de 180 dias para nomear e dar posse aos aprovados no certame.

Por outro lado, apesar da recomendação, a secretária de administração, Marinisa Mizaguchi, garante que a iniciativa do concurso partiu da prefeitura de Dourados, por determinação do prefeito Murilo Zauith. Segundo a secretária, o certame já estava previsto planejamento e cronograma de atividades da prefeitura. Marinisa a decisão do prefeito aconteceu após alerta do Tribunal de Contas, nos primeiros dias da administração.
Segundo ela as contratações legais vinham acontecendo em administrações antigas e de lá para cá os contratos estavam sendo renovados, sem o devido concurso.

A expectativa é iniciar o processo de inscrição dentro de 90 dias. Na Educação serão disponibilizadas cerca de 800 vagas para professores, vigias, administrativos, serventes, merendeiras, entre outros. Na Saúde, mais de 200 profissionais, como médicos especialistas e enfermeiros, serão selecionados por meio do concurso.

“O processo de seleção vai ser realizado para suprir a necessidade desses setores e melhorar o atendimento à comunidade. Parte destas funções é desempenhada por funcionários contratados, que serão substituídos por concursados”, explica a secretária , observando que hoje o quadro de efetivos é de 4.558 servidores.

Deixe seu Comentário