Dourados – MS terça, 11 de agosto de 2020
Dourados
34º max
19º min
Campanha Parcelamento Conta
Dia-a-Dia

Douradenses adotam 100% das cartas ao Papai Noel

17 Dez 2015 - 07h00
Ana Laura Ferreira Machado, de 5 anos, do Ceim, recebe presente do  Papai Noel dos Correios. - Crédito: Foto: Hedio FazanAna Laura Ferreira Machado, de 5 anos, do Ceim, recebe presente do Papai Noel dos Correios. - Crédito: Foto: Hedio Fazan
A mística do Natal continua presente no coração de 456 crianças que escreveram “cartinhas” para o Papai Noel, pedindo presentes. O desejo de cada uma delas foi atendido pelo gesto de 456 padrinhos de Dourados que aderiram ao Projeto Papai Noel dos Correios. As entregas dos presentes estão acontecendo em parceria com a secretaria Municipal de Educação.


“Vem Papai Noel...Vem Papai Noel.... Queremos ver você”, gritaram em coro, as crianças do Centro de Educação Infantil (Ceim) “Helena Efigênia Pereira”, localizado no Parque das Nações II. A ansiedade da espera não desmancha os sorrisos estampados nos rostos, nem diminui o brilho dos olhares em direção aos sacos de presentes e a uma das portas que dá acesso à sala de recreação. “Esse é um momento especial para todos nós. Ver a felicidade desses pequeninos nos enche de alegria”, diz a coordenadora do Projeto Papai Noel do Correios em Dourados, Silvana Antoniassi Viana.


O lançamento oficial da Campanha Papai Noel dos Correios 2015 em Mato Grosso do Sul teve início no dia 20 de novembro, no edifício-sede da Diretoria Regional dos Correios, em Campo Grande.


Realizada há 26 anos, a campanha tem como principal objetivo responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de carência. Nos últimos três anos, em todo o País, foram recebidos 2,9 milhões de cartas destinadas ao ‘Bom Velhinho dos Correios’. Desse total, 1,9 milhão atendia aos critérios da campanha e quase 80% destas foram adotadas, o que equivale a 1,5 milhão de cartas.


Segundo levantamentos dos Correios, em Mato Grosso do Sul, até agora foram adotadas 6.940 cartas, das mais de 11 mil recebidas. Em Dourados e em Campo Grande o índice de adoção é de 100%. “Algumas cidades, como Nova Andradina, Bataiporã e Aquidauana ainda não concluíram os trabalhos”, explicou a coordenadora do projeto em MS, Olga Martinez Torres.


A adoção de cartas da campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil. São lidas e passam por um processo de triagem. Em seguida, são disponibilizadas para adoção em determinadas unidades da empresa. Os Correios não entregam cartas diretamente à população.


“Existem muitas cartas que pedem produtos eletrônicos, como smartphones, tabletes, notebooks e games”, comenta Olga.


Para a coordenadora do Ceim “Helena Efigênia Pereira”, Lucimar Alves Valenzuela, a atitude dessas pessoas que adotaram as cartas, refletem diretamente na alegria das crianças. “Isso tudo aqui para eles é uma grande festa que ficará marcada para sempre na lembrança de cada um”, afirma.


“Papai Noel trouxe o presente que eu pedi na minha cartinha”, conta, quase sem fôlego, a sorridente Ana Laura Ferreira Machado, de 5 anos, exibindo o patinete recebido das mãos de um funcionário dos Correios, vestido de Papai Noel.

Deixe seu Comentário