Dourados – MS terça, 24 de novembro de 2020
Dourados
35º max
21º min
Influx
Imaculada-Mobile
Dia-a-Dia

Desfile marca Dia das Comunicações

05 Mai 2011 - 22h33
Marechal Rondon, patrono das comunicações, foi homenageado por militares - Crédito: Foto: Hedio Fazan/PROGRESSOMarechal Rondon, patrono das comunicações, foi homenageado por militares - Crédito: Foto: Hedio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS – Formaturas e homenagens marcaram o Dia das Comunicações, ontem, na 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, Brigada Guaicurus. Mais de 100 soldados da 14ª Companhia de Comunicação desfilaram para um público de mais de 30 pessoas, que tiveram a oportunidade de conhecer a história de Cândido Mariano da Silva Rondon, patrono das Comunicações.

Durante solenidade, houve oração do guerreiro do Pantanal, canções alusivas e homenagens a Rondon. Flores foram depositadas no busto do patrono por autoridades militares. Em discurso o comandante da Companhia, Paulo Cesar Andrade Arruda, lembrou que a companhia é a única tropa especializada em Comunicações do Comando Militar do Oeste, ressaltando a importância desta nas missões do Exército.

Em discurso, ele ressaltou a história de Marechal Rondon destacando o merecido reconhecimento aos feitos dele para o Brasil. Lembrou do espírito desbravador do patrono, ressaltando a história dele marcada por sacrifício e determinação. Disse ainda que a história de Rondon é motivo de inspiração. “Nos últimos anos a 14ª Companhia de Comunicações Mecanizada tem sido contemplada com equipamentos e infra-estrutura de alta tecnologia. Porém, apesar disso, o sucesso nas missões só é possível ao legado e ensinamentos deixados por Marechal Rondon”, destacou.

O General de brigada, José Carlos Cardoso, lembrou da responsabilidade atribuída aos soldados da Companhia e destacou o empenho e profissionalismo dos militares, que são inspirados por Marechal Rondon. Também ressaltou as atribuições da Companhia que é a de instalar, explorar e manter os sistemas de Comunicações da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada.

MARECHAL - Conforme o Exército, Marechal, que é descendente de indígenas terenas, bororós e guanás, foi um árduo defensor dos índios brasileiros, conhecido pela frase \"Morrer, se preciso for. Matar nunca\".

Ao longo da vida dele, o militar chefiou diversas missões demarcatórias de fronteiras e percorreu mais de 100 mil quilômetros de sertões, por rios, picadas e estradas primitivas. Descobriu serras, planaltos, montanhas e rios, elaborando as primeiras cartas geográficas de mais de 500 mil quilômetros quadrados em território nacional, até então desconhecidos dos registros.

Rondon se tornou o patrono das comunicações por contribuições de grande relevância ao setor. Em 1° de julho de 1921, foi criado o Centro de Instrução de Comunicações, que deu origem à Escola de Comunicações das Forças Armadas. Hoje, os sistemas de comunicações são parte fundamental das atividades militares e civis, através das mais diversas tecnologias, que vão da fibra ótica aos satélites.

Deixe seu Comentário