Dourados – MS domingo, 12 de julho de 2020
Dourados
32º max
17º min
Dia-a-Dia

Delegacia da Mulher de Dourados está sem titular

29 Fev 2016 - 08h47
Virgínia cobra delegada titular. - Crédito: Foto: DivulgaçãoVirgínia cobra delegada titular. - Crédito: Foto: Divulgação
A vereadora Virgínia Magrini (PP) vai encaminhar nesta segunda-feira, requerimento ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e ao secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública Sílvio César Maluf, solicitando com urgência que seja designada uma delegada titular para o atendimento na Delegacia da Mulher de Dourados, cujos índices de violência são altíssimos.


Na tarde da última quinta-feira, a vereadora visitou a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, como sempre faz, para saber sobre os índices de violência, bem como se havia alguma demanda não atendida. “Foi nesta visita que tomei conhecimento que, desde janeiro, aquela Delegacia está sendo representado pelo delegado lotado no 2º Distrito Policial, doutor José Carlos Almussa Junior, uma vez que a delegada doutora Rozeli Dolor Galego, entrou em férias no mês de janeiro e já no dia 5 de fevereiro foi removida para a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, conforme resolução no Diário Oficial”, informou a vereadora.


Para Virgínia, o atendimento de uma delegada à mulher vítima de violência física, moral ou sexual, assegura e passa tranquilidade durante as atividades de investigação, prevenção e repressão dos delitos, respeitando os sofrimentos enfrentados pelas vítimas. “Estamos há bastante tempo brigando por uma delegacia especializada funcionando por 24 horas, coisa que ainda não temos, já que violência não tem hora para ocorrer. E estamos constantemente fiscalizando e acompanhando os prazos da obra da nova sede, que já custou aos cofres públicos mais de R$ 737 mil e deveria ter sido entregue em abril do ano passado”, afirmou a parlamentar.


Para Virgínia, Dourados sendo a segunda maior cidade do Estado, é clara a necessidade do atendimento humanizado de mulher para mulher nos casos de violência. “Entendo que mais uma vez ocorreu por parte do governador a falta de respeito com a população de Dourados, uma vez que removeu a delegada titular e sequer informou a população. Vale lembrar que no Estado de MS, Dourados é a única Regional que não possui esse serviço. Esse descaso deixa claro que Dourados só tem importância política em época de eleições, onde “coronéis”, se voltam para nossa cidade com a intenção clara de ingerência. Precisamos mudar esse panorama”, ressaltou Virginia Magrini, afirmando que espera que o governador Reinaldo Azambuja e seu secretário atendam à solicitação para o cumprimento da legislação.

Deixe seu Comentário