Dourados – MS domingo, 05 de julho de 2020
Dourados
28º max
15º min
Dia-a-Dia

Concurso do MPE atrai milhares

22 Nov 2010 - 00h53
Concurso em Campo Grande atraiu milhares de candidatos. 
Foto: divulgação

 - Concurso em Campo Grande atraiu milhares de candidatos. Foto: divulgação -
DOURADOS – O processo seletivo envolvendo estagiários do curso de Direito para atuar no Ministério Público Esta-dual (MPE) atraiu 1.343 pessoas. As provas aplicadas pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL) aconteceram neste domingo. Em Campo Grande 1.032 acadêmicos compareceram à Escola Estadual Joaquim Murtinho, enquanto em Dourados 311 foram à Unigran para fazer as provas.

O processo seletivo incluiu questões de língua portuguesa e específica da área de graduação dos candidatos, sendo que o gabarito estará disponível no site www.mp.ms.gov.br nesta terça-feira e o resultado deve ser divulgado na próxima quinta-feira.

Para o superintendente do IEL, Bergson Amarilla, a realização do processo seletivo qualifica ainda mais o estágio. “Essa parceria do IEL e MPE dá uma conotação de maior valorização ao estágio. Além disso, durante o período em que os estudantes estarão juntos à Instituição estarão desenvolvendo habilidades e conteúdos convergentes aos conhecimen-tos teóricos adquiridos na universidade”, declarou.

Já a procuradora da Justiça Nilza Gomes da Silva destacou que os aprovados terão o período de dois anos para desen-volver o estágio. “É um período em que eles terão a oportunidade de atuar nos processos, nos inquéritos e ainda elaborar peças. Tudo muito bem supervisionado”, disse, destacando a importância da parceria com o IEL para a seleção dos estu-dantes. “Ele nos encaminha e cuida das formalidades que envolvem os nossos estagiários. A parceria para a realização do processo seletivo é benéfica, pois o IEL tem toda uma estrutura e logística para nos atender nesse sentido”, analisou.

Segundo a técnica do IEL, Camila Kellen, da coordenação do 15º Processo de Seleção para Estagiários do MPE, cerca de 70 profissionais do Instituto foram mobilizados para a aplicação das provas. “Esse número corresponde à equipe de Campo Grande e Dourados e inclui fiscais, coordenação e limpeza dos locais”, detalhou.

#####CANDIDATOS

As provas tiveram início às 9h, mas às 7h30 muitos estudantes já se aglomeravam em frente à Es-cola Joaquim Murtinho, como o acadêmico Adalto Alves de Macedo Júnior, que está no 4º ano do curso de Direito da Anhanguera-Uniderp. “Cheguei cedo ao local de prova, pois acredito que o processo seletivo é a melhor forma de esco-lher os estagiários. Considero justa a realização de uma prova como critério de seleção, pois isso vai avaliar o conheci-mento do aluno”, disse.

Já a acadêmica Camila Fraga do Nascimento, do 1º ano de Direito da Unaes, disse que ainda não teve oportunidade de fazer estágio e está otimista com a realização da prova. “Estudei o que pude, as acredito que a concorrência esteja bem alta, ainda assim estou otimista”, declarou. A acadêmica Rayane Barbosa Falcão, também do 1º ano do curso de Direito da Anhanguera-Uniderp, está esperançosa de que vai ficar bem classificada no processo seletivo. “A minha expectativa é de passar”, pontuou.

Após a divulgação do resultado do processo seletivo, o MPE vai chamar os classificados de acordo com a necessidade da entidade, sendo que as vagas vão atender as Promotorias de Justiça de Campo Grande, Dourados, Amambaí, Anastá-cio, Angélica, Aparecida do Taboado, Bandeirantes, Bela Vista, Caarapó, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Co-rumbá, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Eldorado, Fátima do Sul, Itaporã, Ivinhema, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Pedro Gomes, Ponta Porã, Rio Brilhante, Rio Verde de MT, Ribas do Rio Par-do, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Sonora e Terenos.

Deixe seu Comentário