Dourados – MS quarta, 05 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
Economia

Comércio de Dourados supera crise e surpreende

11 Mai 2016 - 06h00
Gerente do Sindicom, Vaniele Estrada e o presidente da entidade, Valter Castro. - Crédito: Foto: Elieser RicardoGerente do Sindicom, Vaniele Estrada e o presidente da entidade, Valter Castro. - Crédito: Foto: Elieser Ricardo
Enquanto a Serasa aponta queda nas vendas para o Dia das Mães no País, em Dourados os comerciantes informam que o período superou todas as expectativas. O comércio lotou principalmente nos dias em que as portas ficaram abertas em horário especial. Quem comemora é o Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados (Sindicom).


De acordo com o presidente da entidade, Valter Castro, tudo ajudou, o clima foi de muita movimentação nas lojas e graças a presença efetiva da Polícia Militar houve tranqüilidade aos comerciários, lojistas e clientes na sexta-feira quando o comércio ficou aberto até às 20h e no sábado até as 18h. Embora ainda não haja um balanço oficial, os comerciantes informaram ao Sindicom que o volume de vendas foi maior que no ano passado. "Teve comerciante que falou em 35% a mais com relação ao ano passado", disse Valter.

Nível de Brasil


As comemorações das vendas têm um sentido duplo. Primeiro pelo resultado e depois por Dourados ter driblado a cri-se que afeta o comércio do resto do País. Em nível de Brasil as vendas da semana do Dia das Mães (2 a 8 de maio) caí-ram 8,4% com relação ao ano passado e tiveram o pior desempenho desde o início da série do Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, em 2003. De acordo com balanço divulgado recentemente, na comparação com o mesmo fim de semana de 2015 o fim de semana da data (6 a 8 de maio) registrou queda de 9,5% em todo o país.


De acordo com os economistas da Serasa Experian, "a queda do poder de compra dos brasileiros, tendo em vista a es-calada do desemprego, e a inflação ainda em patamar elevado, afetaram negativamente o movimento varejista do Dia das Mães deste ano". Além disso, eles destacam o crédito mais caro e escasso.


Segundo a gerente do Sindicom em Dourados Vanielle Estrada tendo em vista o sucesso de venda para o Dia das Mães o Comércio de Dourados agora volta a expectativa para o Dia dos Namorados. "Parece que o inverno chegou mais cedo e o tempo frio tem ajudado a esquentar as vendas na área comercial de Dourados que abrange os municípios vizi-nhos, disse a gerente".


A exemplo do Dia das Mães outra campanha será lançada em breve com foco no Dia dos Namorados a pedido dos próprios comerciantes. O Sindicato do Comercio Atacadista e Varejista (Simdicom) está confiante. O comércio deve estabelecer horários especiais para as vendas do Dia dos Namorados para aqueles que não têm tempo de escolher pre-sente por causa da correria do dia a dia. O comércio de Dourados agrega vários outros municípios da região sul do Esta-do.

A meta


Considerada pelos empresários ligados ao setor comercial como a segunda data mais importante, depois do Natal, o "Dia da Mães" teve a meta de injetar um montante superior a R$ 10,7 milhões com presentes em Dourados, este ano. A projeção foi do Sindicom, com base em pesquisa realizada pela entidade, que apontou que o valor médio dos presentes está estimado em R$ 131,93. Em Dourados, 83% da população economicamente ativa deveria ter ido às compras e 2% pelo que apontou a pesquisa.

Deixe seu Comentário