Dourados – MS sábado, 15 de agosto de 2020
Dourados
27º max
19º min
Segurança e Saúde JBS
Eleições

Com 151 mil eleitores, Dourados não terá 2º turno

18 Mai 2016 - 06h00
Levantamento do TRE-MS, divulgado no último dia 30 mostra um total de 151.158 eleitores aptos a votar nas eleições  de Dourados. - Crédito: Foto: Marcos RibeiroLevantamento do TRE-MS, divulgado no último dia 30 mostra um total de 151.158 eleitores aptos a votar nas eleições de Dourados. - Crédito: Foto: Marcos Ribeiro
Levantamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS), divulgado no último dia 30 mostra um total de 151.158 eleitores aptos a votar nas eleições municipais de Dourados neste ano. São 3,5 mil a mais este ano com relação a 2014, um crescimento de 2,3%. De acordo com o TRE, serão 76 locais de votação e 454 seções, 18 salas a mais. Mesmo com o aumento, não será possível a realização do 2º Turno, que é previsto pela Legislação somente quando o município atingir 200 mil eleitores.


Com 8,161% do eleitorado de todo o Estado, a cidade de Dourados tem em sua maioria eleitores com escolaridade de ensino fundamental incompleto. São 49.084 eleitores nesta modalidade de ensino. O município tem ainda 31.095 eleitores com ensino médio incompleto, 21.324 com ensino médio completo, 15.476 eleitores que sabem ler e escrever, 11.379 com ensino fundamental completo (1º ao 9º ano), 9.561 com nível superior completo, 8.585 com nível superior incompleto, e 4.654 eleitores se declararam analfabetos.


De acordo ainda com o levantamento, a maioria dos eleitores de Dourados tem idade entre 25 e 34 anos. São 34.956 pessoas nesta faixa etária. O restante dos eleitores ficaram distribuídos nas seguintes faixas etárias: 30.370 têm entre 35 e 44 anos; 28.313 têm entre 45 e 55 anos; 23.031 têm entre 18 e 24 anos; 22.153 têm entre 56 e 69 anos; 10.370 tem 70 anos ou mais e 1.965 têm entre 16 e 17 anos.

Estado


Em todo o Estado de Mato Grosso do Sul, 1.852.244 eleitores vão às urnas em 2016 com maioria sendo do sexo feminino. São 891.216 homens, o que corresponde a 48,12% do eleitorado e 961.028 mulheres, o que corresponde a 51,88% do eleitorado. A maioria dos eleitores, cerca de 616 mil, tem ensino fundamental incompleto. A faixa etária entre 25 e 34 anos é a que mais têm eleitores (417.620), o que corresponde a 22,55% do eleitorado.

Tecnologia


As eleições deste ano vão contar com tecnologia de ponta. No último dia 05 houve a apresentação dos primeiros aplicativos (apps) para smartphones e dispositivos móveis a serem lançados pela Justiça Eleitoral. Ao todo, estão previstos 11 novos aplicativos mobile para as eleições deste ano. Três deles foram apresentados hoje: um aplicativo que traz notificações de prazos do Calendário Eleitoral; outro, chamado "Candidaturas", que apresenta informações sobre os candidatos a vereador e prefeito em cada município brasileiro; e um terceiro aplicativo, ainda sem nome, que servirá como um "agregador" de informações sobre as eleições.


O aplicativo Calendário Eleitoral apresentará ao usuário notificações sobre todas as datas importantes durante o período eleitoral. Esse app tem previsão de lançamento para este mês, juntamente com outro que permitirá a consulta a processos judiciais relativos às eleições.


Já o aplicativo "Candidaturas", que foi um sucesso nas Eleições 2014 (foram quase 180 mil instalações em smartphones das plataformas Android, iOS e Windows Phone), traz algumas novidades para a versão 2016. Uma delas é o sistema de geolocalização, por meio do qual o aplicativo pode identificar em que município o aparelho se encontra e, a partir dessa informação, listar automaticamente todos os candidatos ao pleito naquela cidade. Também serão exibidas informações referentes a prestação de contas dos candidatos.

Agregador


Outro app que vai ser lançado nestas eleições, ainda sem nome definido, deve aglutinar informações para o eleitor em uma única tela, como situação do título, orientações sobre justificativa, local de votação, informações sobre propaganda eleitoral e contatos do Disque-Eleitor. Além disso, esse aplicativo "agregador" vai trazer links para notícias divulgadas pela Secretaria de Comunicação Institucional do TSE, vídeos produzidos para o YouTube e perfis oficiais da Justiça Eleitoral em mídias sociais, além de acesso direto a outros apps desenvolvidos para o pleito de 2016.

Deixe seu Comentário