Dourados – MS sexta, 25 de setembro de 2020
Dourados
35º max
19º min
Impeachment

"Vem pra Rua" instala placar do impeachment em frente ao Congresso

10 Abr 2016 - 18h00Por Do Progresso
Placar mostra deputados que votam a favor da saída de Dilma Rousseff em frente ao Congresso. - Crédito: Foto: Antônio Cruz/Agência BrasilPlacar mostra deputados que votam a favor da saída de Dilma Rousseff em frente ao Congresso. - Crédito: Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil
Dos oito deputados federais de Mato Grosso do Sul, cinco se posicionaram a favor do impeachment, dois contra e um está indeciso. Entre os deputados federais de Mato Grosso do Sul que votam a favor da saída de Dilma Roussef estão: Geraldo Resende (PSDB), Tereza Cristina (PSB), Carlos Marun (PMDB), Elizeu Dionisio (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM). Já Zeca do PT (PT) e Vander Loubet (PT) são contrários e Dagoberto Nogueira (PDT), se diz indeciso. O levantamento foi feito pelo jornal Estado de São Paulo com os 513 deputados federais.


Ontem manifestantes do "Vem pra Rua" fixaram três painéis no gramado em frente ao Congresso Nacional com o presumido placar da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff. O grupo, segundo a Agência Brasil, também fixou placas menores no gramado com as fotos dos deputados e a indicação do posicionamento deles em relação ao afastamento.


Pela estimativa do movimento, 286 deputados votarão a favor do impeachment, enquanto 112 estão indecisos e 115 são contrários. São necessários 342 votos para a presidente ser afastada pela Câmara dos Deputados.
O movimento pró-impeachment já fez ações semelhantes em São Paulo e no Rio de Janeiro, quando divulgou nomes de deputados contrários ao afastamento ou indecisos. O estudante e empresário Vinícius Carvalho, 24 anos, participante do Vem pra Rua e do Movimento Brasil (MBR), afirma que, além de pressionar parlamentares, o objetivo é informar a população.


"A ideia é mostrar para a população a quantas estamos de estimativa e também [dar] transparência, conscientizar para as próximas eleições", afirmou. Carvalho negou que os manifestantes pró-impeachment sejam contrários só ao PT, partido da presidente, sem protestar contra a corrupção em outros partidos. "Ninguém defende que saia só o PT. A gente é contra a corrupção", afirmou.


O manifestante estava fantasiado como Pixuleco, boneco que representa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em roupas de preso. Segundo Carvalho, na semana que está começando, militantes do Vem pra Rua e do MBR procurarão políticos em aeroportos para protestar e pressioná-los. Eles também prometem ocupar o gramado da Esplanada dos Ministérios nos dias 15,16 e 17.


A Comissão Especial do Impeachment retomará as discussões sobre o parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) hoje (11) às 10h. O colegiado vai ouvir os líderes partidários e, posteriormente, iniciar o processo de votação do relatório. A análise em plenário está prevista para começar na sexta-feira (15) e pode se estender pelo fim de semana.


O empresário Luciano do Nascimento Ferreira, 38 anos, ficou sabendo da mobilização deste domingo pela internet e compareceu com os filhos Pedro, 8 anos, e Gustavo, 5. "Vim para eles participarem da situação política, acompanharem de perto", disse. O ato na Esplanada tinha carro de som, balões verdes e amarelos e muitas crianças acompanhando os pais.(Com informações do Agência Brasil)

Deixe seu Comentário