Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
Dia-a-Dia

Cido cobra força-tarefa para impedir avanço do Zika vírus

07 Dez 2015 - 10h05
Cido cobra ações para coibir a proliferação do Aedes aegypti. - Crédito: Foto: DivulgaçãoCido cobra ações para coibir a proliferação do Aedes aegypti. - Crédito: Foto: Divulgação
O vereador Cido Medeiros (DEM) apresentou indicação na sessão da semana passada da Câmara de Dourados, solicitando ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) a realização de uma força-tarefa voltada ao bloqueio químico de terrenos baldios, principalmente em casas desocupadas com piscinas, com o objetivo de eliminar eventuais focos do mosquito Aedes aegypti. O objetivo é manter a população tranquila em relação a recentes registros de microcefalia em bebês cujas mães foram infectadas pelo Zika vírus, que é transmitida pelo Aedes aegypti, o mesmo vetor da dengue.


A indicação foi encaminhada ao prefeito Murilo Zauith (PSB) e ao secretário de Governo José Jorge Filho. Cido Medeiros enfatiza que atualmente há um temor generalizado entre grávidas de todo o Brasil por devido aos recentes registros de microcefalia em bebês cujas mães foram infectadas pelo Zika vírus.


Transmitida pelo Aedes aegypti, a doença tem sido relacionada pelas autoridades sanitárias ao nascimento de crianças com cérebro menor do que o normal. Em Dourados, um caso em investigação tem deixado as gestantes em pânico. “O medo das grávidas douradenses cresce porque mesmo ciente dos riscos causados pela presença do Aedes aegypti, o poder público local tem sido omisso em casos de denúncias sobre criadouros do mosquito transmissor da doença”, revelou o vereador do DEM.

Deixe seu Comentário