Dourados – MS quarta, 30 de setembro de 2020
Dourados
40º max
23º min
Celebração

São Cristóvão reúne mais de 2 mil veículos em Dourados

31 Jul 2016 - 18h52Por Do Progresso
Mais de dois mil carros e motos acompanharam o cortejo em comemoração a São Cristóvão. - Crédito: Foto: Eliel OliveiraMais de dois mil carros e motos acompanharam o cortejo em comemoração a São Cristóvão. - Crédito: Foto: Eliel Oliveira
Mais de dois mil carros e motos acompanharam o cortejo em comemoração a São Cristovão, padroeiro dos motoristas, que foi no dia 25 de julho.


A concentração aconteceu no Parque Antenor Martins por volta das 8h e seguiu pela Avenida Marcelino Pires até o Monumento ao Colono, onde fez a rotatória, retornando até a Rua Brasil com destino a Paróquia Santa Terezinha, no Jardim Maracanã, em Dourados.


Carros novos, usados, caminhões, carretas, motocicletas, nada tirou o ânimo dos devotos que acordaram cedo no domingo para participar dos festejos que já é uma tradição em Dourados. A ação é realizada todos os anos por devotos de São Cristóvão, considerado pelos católicos como o santo protetor dos motoristas.
Por volta das 9h aconteceu a bênção dos veículos, caminhões e máquinas agrícolas. A programação prosseguiu com o almoço, na própria Paróquia Santa Terezinha.


O padre Marcos Roberto, responsável pela Paróquia Santa Terezinha e que fez a benção dos veículos, explica que o objetivo da carreata é em homenagem o Santo protetor dos motoristas. "A carreata é uma homenagem ao santo padroeiro dos motoristas que aproveitam para agradecer e pedir proteção", disse o padre.
Logo depois, foi realizada quermesse com barracas, bebidas e salgados.


A programação prosseguiu com o almoço, na própria Paróquia Santa Terezinha.

Devoção


A devoção à São Cristóvão é uma das mais antigas e populares da Igreja, tanto do Oriente como do Ocidente. Cristóvão, antes do batismo, chamava-se Réprobo, porém, depois, se chamou Cristóvão, que é o mesmo que dizer aquele que carrega Cristo, pois ele carregou Cristo em seus ombros, transportando-o e guiando-o; em seu corpo, tornando-o esquálido; em sua mente, pela devoção; e em sua boca, confessando-o e pregando a sua mensagem.


Ele consta da relação dos "Catorze Santos Auxiliadores" invocados para interceder pelo povo nos momentos de aflições e dificuldades.


Entretanto são poucos os dados precisos sobre sua vida. Só se tem conhecimento comprovado de que Cristóvão era um homem alto e forte. Ele nasceu na Palestina, no século III, pregou na Lícia e foi martirizado a mando do imperador Décio, no ano 250.

Deixe seu Comentário