Dourados – MS quarta, 23 de setembro de 2020
Dourados
30º max
15º min
Mobilização

Caravana da Saúde já atendeu quase 20 mil em Dourados

18 Abr 2016 - 06h00
Diretora de O PROGRESSO, Adiles, e assessor jurídico Farnesi acompanharam governador Reinaldo na Caravana da Saúde, sábado. - Crédito: Foto: Marcos RibeiroDiretora de O PROGRESSO, Adiles, e assessor jurídico Farnesi acompanharam governador Reinaldo na Caravana da Saúde, sábado. - Crédito: Foto: Marcos Ribeiro
Com quase 20 mil procedimentos realizados, a Caravana da Saúde chega hoje ao seu quinto dia de mobilização na região de Dourados, considerada uma das maiores região do estado. No sábado, as ações contaram com a participação do governador do estado Reinaldo Azambuja, do prefeito Murilo Zauith e de demais autoridades que visitaram cada atendimento realizado na Caravana instalada no Complexo Esportivo Jorge Antônio Salomão em Dourados. Durante as visitas, o governador destacou os preparativos e a expectativas de ações em saúde para a região, além do compromisso em levar a reestruturação da saúde para os municípios.


"A região de Dourados é uma das maiores do estado e o volume de atendimentos não seria diferente. A Caravana veio para cá com o mesmo objetivo das outras microrregiões, a diminuição das filas e reestruturação dos serviços de saúde. Nosso compromisso é com a qualidade do serviço de saúde e pretendemos continuar. Ainda temos Campo Grande, mas pelo decorrer de Dourados já podemos estimar qual será o próximo passo da reestruturação da saúde no estado’, disse o governador durante abertura oficial da Caravana no último sábado.


O prefeito Murilo elogiou o trabalho da Caravana. "Este é um momento muito importante para Dourados; um ato desses reúne toda a classe política na proposta de resolver os problemas das pessoas que mais precisam", afirmou o prefeito Murilo. "Vejo aqui todos juntos trabalhando para resolver os problemas da Saúde. Outros Estados e municípios talvez não vivam o que estamos vivendo hoje. Estão preocupados com Brasília, enquanto aqui estamos trabalhando pelo povo", ressaltou o prefeito, acrescentando "se o país está de cabeça para baixo, aqui Mato Grosso do Sul está de pé e Dourados também está de pé".


Murilo explicou que o município atende a saúde básica, mas precisa da ajuda do Estado para atender a saúde hospitalar. Nesse sentido Murilo destaca o trabalho do governador Reinaldo Azambuja com a Caravana da Saúde, feita em parceria com a Prefeitura e outros parceiros, e que vai zerar as filas.


O prefeito também destacou a iniciativa de Reinaldo de abrir o Hospital São Luiz para cirurgias eletivas, até que o Hospital Regional fique pronto e classificou essa ação como um passo à frente. "O Reinaldo já está com o São Luiz funcionando para que a gente não tenha mais fila na saúde e a pessoa não precise mais de ficar esperando por uma cirurgia que nunca vem", destacou.


O PROGRESSO, que sempre cobra por meio de suas reportagens melhorias na saúde em Dourados, esteve representado no sábado pela sua diretora-presidente Adiles do Amaral Torres e o assessor jurídico Carlos Alberto Farnesi. Junto ao governador Reinaldo e ao prefeito Murilo, eles acompanharam o trabalho no complexo Jorjão e elogiaram a iniciativa de zerar atendimentos na saúde.


Hospital Regional


O governador Azambuja informou que o Hospital Regional de Dourados vai ser construído com metade do investimento feito pelo Estado e a outra parte pela União, com recursos de emendas da bancada do Estado. "Eu não paralisei as obras do hospital; não tinha um centavo nos cofres do Estado para a obra", explicou.


Falou também do centro de diagnóstico que será erguido ao lado do Hospital Regional, dos equipamentos instalados no Hospital da Vida e dos equipamentos entregues em Fátima do Sul neste fim de semana, que vão ajudar a desafogar o atendimento em Dourados. Na solenidade no sábado também houve entrega de certificados de conclusão de curso da Defesa Civil, realizado na semana passada em parceria entre Estado e Prefeitura. Dourados e região ganharam mais 54 novos agentes de defesa civil.


Também foi assinado pelo governador e o prefeito um termo de compromisso para a continuidade das ações de melhoria do atendimento à saúde em Dourados.


Depois foi assinado o termo de termo de compromisso de doação pelo Estado de uma área, localizada ao lado do Hospital Universitário, para a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) construir o Hospital da Mulher e da Criança.


Outro termo de compromisso foi assinado com a UFGD para a implantação de um projeto de uma unidade móvel de diagnóstico precoce da tuberculose em estabelecimentos penais do Estado.

Deixe seu Comentário