Dourados – MS quinta, 28 de maio de 2020
Dourados
24º max
min
JBS (Fazer o bem)
Dia-a-Dia

Burocracia emperra praça ambiental

27 Jan 2011 - 09h09
Parque do Rego d’Água vai beneficiar 50 mil pessoas de 20 bairros - Crédito: Foto : Ronney MinellaParque do Rego d’Água vai beneficiar 50 mil pessoas de 20 bairros - Crédito: Foto : Ronney Minella
DOURADOS - O deputado federal Geraldo Resende (PMDB) e a prefeita interina Délia Razuk (PMDB) estão trabalhando para solucionar as pendências burocráticas que estão atrapalhando a construção de uma praça no interior do Parque Ambiental do Córrego Rego d’Água. O parque vai beneficiar aproximadamente 50 mil pessoas de mais de 20 bairros que moram nas regiões do Grande Itália e Grande Água Boa.

A regularização da área do parque do Rego D’Água foi um dos assuntos debatidos no encontro de segunda-feira entre o deputado e a prefeita. As obras de construção da praça não puderam ser iniciadas, já que até o momento a prefeitura ainda não conseguiu solucionar os problemas relacionados à desapropriação e a titulação da área a ser beneficiada pelo projeto. A pendência nos documentos de regularização das áreas impede que o Governo do Estado – responsável pela execução das obras da segunda etapa de implantação do parque – dê a ordem de serviço para o início dos serviços no interior do parque ambiental.

A empresa que irá executar há obra está contratada há pelo menos três meses. Trata-se da Ajota Engenharia e Construção. “Atualmente, o parque está totalmente abandonado, já que, além de não conseguir a documentação necessária para a continuidade das obras, o município também enfrenta dificuldades para fazer a manutenção e a limpeza do local.

É um problema que vem se arrastando desde a gestão do ex-prefeito, que recentemente renunciou ao mandato. Sabemos que a prefeita interina, Délia Razuk, não tem poupado esforços para tentar vencer todos os trâmites que impedem o início das obras. Estamos trabalhando em parceria e acredito que essas pendências serão vencidas rapidamente para que obras possam ser iniciadas ainda no mês de fevereiro”, relatou o deputado.



Apenas para a construção da praça, Geraldo viabilizou recursos R$ 1,5 milhão. Os recursos são provenientes de duas emendas destinadas pelo parlamentar para execução da segunda e terceira etapa de implantação do parque ambiental. Para a segunda etapa, o parlamentar destinou uma emenda no valor R$ 975 mil, que somada à contrapartida de R$ 235 mil do Governo do Estado, totaliza R$ 1,21 milhão para o calçamento interno e construção de quadra poliesportiva e de skate. Com o recurso também será feito um espaço para lanchonete, sanitários, área de administração e píer sobre os lagos.

Outra emenda de Geraldo, de R$ 487.500, já está empenhada no Orçamento Geral da União e deverá receber uma contrapartida da Prefeitura de R$ 27.700,00, totalizando um investimento de R$ 515 mil. Com estes recursos, será possível finalizar a construção da praça e a implantação de iluminação e de equipamentos para a prática desportiva e de lazer.

Deixe seu Comentário