Dourados – MS sábado, 11 de julho de 2020
Dourados
31º max
14º min
Dia-a-Dia

Barbosinha comemora vinda da Caravana da Saúde a Dourados

20 Jan 2016 - 07h00
Vinda da Caravana foi definida  ontem em reunião na Prefeitura. - Crédito: Foto: DivulgaçãoVinda da Caravana foi definida ontem em reunião na Prefeitura. - Crédito: Foto: Divulgação
Para ajudar a amenizar os problemas da área de Saúde no município de Dourados, o Governo do Estado deve trazer, no mês de abril, a Caravana da Saúde com médicos e estrutura para exames e cirurgias.


A vinda do projeto foi definida na manhã de ontem em reunião realizada na Prefeitura Municipal. Presente ao encontro que definiu o funcionamento da Caravana, o deputado estadual José Carlos Barbosinha comemorou a iniciativa que vai beneficiar a população.


“Este é um importante projeto para todo o Estado que agora estamos ajudando a organizar em Dourados. Prefeitura e governo têm feito sua parte na Saúde. Mas ainda precisamos melhorar e com a Caravana isso será possível. O volume de atendimentos pode chegar a mais de 120 mil pessoas em dez dias. É importante que todos fiquem atentos aos prazos para agendar as consultas e os exames”, explicou Barbosinha.


Também participaram da reunião o vice-prefeito Odilom Azambuja, o deputado estadual Zé Teixeira, o deputado federal Geraldo Resende, vereadores e os Secretários de Saúde de Dourados, Sebastião Nogueira, do Estado, Nelson Tavares, além do coordenador do Programa Caravana da Saúde, Sergio Luiz Gonçalves.


A previsão é de que a caravana permaneça em Dourados por pelo menos 10 dias. A ideia inicial é reduzir a fila de espera por atendimento. Segundo dados do Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados, atualmente cinco mil pacientes esperam para ser operados.


A previsão é de que sejam atendidas cerca de 12 mil pessoas por dia pela Caravana, com a realização de sete mil cirurgias, além de exames diversos e tratamento odontológico.


Mais médicos devem ser contratados durante a Caravana para garantir os atendimentos, já que está será a maior já realizada desde o início do projeto. A Caravana será centralizada no complexo esportivo Jorge Antônio Salomão, o Jorjão.


Todos os pacientes precisarão fazer um cadastro prévio em local a ser divulgado posteriormente. Os hospitais de Dourados, onde o governo tem convênio, também realizarão cirurgias.

Indígenas


Os moradores das aldeias de Dourados terão atendimento diferenciado, de acordo com o planejamento. Uma equipe de médicos específica será designada para cuidar dos 14 mil indígenas que moram na cidade.

Caravana


Implantada no início de 2015, a Caravana da Saúde é uma tentativa de resolver de forma rápida os problemas encontrados nos municípios, garantindo a manutenção dos atendimentos e proporcionando melhor qualidade da saúde aos sul-mato-grossense. O programa passará pelas 11 microrregiões de saúde do Estado (Coxim, Aquidauana, Campo Grande, Coxim, Jardim, Corumbá, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, Paranaíba e Três Lagoas).

Deixe seu Comentário