Dourados – MS sexta, 24 de maio de 2024
18º
Editorial

Asfalto para todos

24 Jun 2022 - 14h30
Asfalto para todos -

Além de serem essenciais para a estrutura urbana, as vias públicas ainda são componentes importantes para a integração entre pedestres e veículos e, claro, para evitar acidentes. A partir daí, já dá para ter uma noção da importância da pavimentação asfáltica estar sempre em dia, não é?

Fora isso, ruas, avenidas e estradas bem pavimentadas permitem uma conexão rápida e segura entre bairros e municípios, o que facilita tanto a vida de viajantes quanto de empresas que dependem de transporte. 

Em Dourados, após mais de 20 anos, moradores do bairro Jequitibás, localizado aos fundas da prefeitura, finalmente vão ganhar asfalto. Duas frentes de serviços foram assinadas pela prefeitura esta semana e com recursos do Governo Federal boa parte do bairro deixará de ter ruas de terra. Para chegar a 100% de asfalto ainda será preciso mais recursos.

Um município bonito, bem estruturado e que possua mobilidade adequada, atrai investidores, moradores e ainda movimenta o turismo local. Ou seja, investir em infraestrutura e pavimentação urbana traz tanto melhorias sociais quanto econômicas para a região.

Com quase 230 mil habitantes, Dourados, segunda maior cidade do Estado, ainda possui muitos bairros sem asfalto. Claro que uma obra dessa, que depende de galerias pluviais, não é nada barato e somente com o apoio do Governo Federal é possível realizá-la. 

Já aos bairros que possuem asfalto e estão com ruas parecendo queijo suíço, caberia à Prefeitura dispor de uma usina de asfalto, para realizar uma frente de trabalho de qualidade. Há muitos anos se discute essa possibilidade, mas nunca saiu do papel. Com isso, o resultado que vemos são de ruas com operações tapa-buraco paliativo, do tipo que desaparece com a primeira chuva.

Tá na hora de Dourados caminhar com as próprias pernas, não ficar dependendo do Governo do Estado para recapear as ruas da cidade. Claro que todo apoio e auxílio do Governo é bem-vindo, necessário, mas passou da hora do segundo maior município do estado agir por conta própria.

Deixe seu Comentário