Dourados – MS domingo, 12 de julho de 2020
Dourados
32º max
17º min
Dia-a-Dia

Ao lado de Rose, Mara Caseiro diz que mantém pré-candidatura no PSDB

05 Mar 2016 - 06h00
Mara colocou seu nome à disposição como pré-candidata. - Crédito: Foto: DivulgaçãoMara colocou seu nome à disposição como pré-candidata. - Crédito: Foto: Divulgação
Em discurso emocionado, na tarde desta quinta-feira, durante ato de filiação ao PSDB, no Grand Park Hotel, em Campo Grande, a deputada estadual Mara Caseiro (ex-PMB) não se acanhou diante do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e das principais lideranças presentes, ao colocar seu nome à disposição como pré-candidata à prefeitura de Campo Grande nas eleições municipais de outubro.


Além de Mara, se filiaram ao partido o deputado estadual Maurício Picarelli (ex-PMDB), vereadores Flávio César (ex-PTdoB) e Magali Picarelli (ex-PMDB), o ex-prefeito de Antonio João, Dárcio Queiroz, vereadores de vários municípios, ex-prefeitos e outras lideranças políticas.


Ao se dirigir a Azambuja e a vice-governadora Rose Modesto, principalmente opção do PSDB à sucessão do prefeito Alcides Bernal (PP), a deputada disse que todo mundo tem o direito de sonhar e que seu sonho de disputar a prefeitura da Capital não acabou.


Antes, porém, ela disse que não tem medo de desafios e que se sente preparada para postular o cargo. "Esse é um sonho, todos nós aqui temos o direito de sonhar, de acreditar, e esse sonho não acabou. Eu quero continuar sendo uma opção de uma pré-candidatura do PSDB a prefeita de Campo Grande", sugeriu a deputada, que trocou o nanico PMB pelo ninho tucano a convite do governador.


O discurso de Mara Caseiro arrancou aplausos de muitos sob olhares assustados de Rose Modesto, até então principal opção da cúpula tucana para concorrer ao cargo.


A deputada lembrou que a primeira vez que disputou um cargo eletivo, ainda jovem na cidade de Eldorado, foi pelo PSDB em meados de 92, quando foi indicada vice numa chapa majoritária encabeçada pelo seu sogro Zeca Caseiro.


"E hoje eu retorno ao PSDB, obrigado pela receptividade, queria contribuir muito fazendo o PSDB um partido forte, o partido da transformação", acrescentou, ao agradecer também lideranças municipais e vereadores de várias cidades presentes ao ato político, como Eldorado, Mundo Novo, Amambaí, Tacuru, Rochedo, Corguinho, São Gabriel do Oeste, etc.


Ela aproveitou a ocasião para criticar o governo da presidente Dilma Rousseff e o PT, destacando as denúncias de corrupção envolvendo as principais personalidades políticas do Palácio do Planalto e convocou a população para sair às ruas no próximo dia 13 para participar do movimento em favor do impeachment da líder petista.


"Dia 13 é a oportunidade de todo cidadão brasileiro ir as ruas, o governo está acabando com o sossego das nossas famílias, então se você ama seu filho, ama seu neto, é hora de ir para as ruas. Chega, vamos retomar a nossa cidadania, o nosso Brasil, e vamos pra rua", convocou.


Além de tecer críticas ao governo petista, como tem feito sempre na Assembleia Legislativa, a deputada defendeu o governo tucano de FHC, lembrando que o ex-presidente acabou com a inflação, mas seus adversários insistem em dizer o contrário.


"Estou ficando cansada com o governo federal. Sei que não existe partido ruim, mas existem pessoas ruins, infelizmente, que nos envergonha, mas o PSDB nos orgulha", colocou, ao criticar petistas que têm feito péssimas referencias do governo FHC.

Adversária


O interesse da deputada em concorrer ao cargo ganhou força a partir da fala do governador. "Como o PSDB é um partido democrático e plural, a Rose ganhou mais uma adversária dentro do partido", disse Reinaldo Azambuja, ao arrancar gargalhadas dos presentes. "Como é importante isso né? Quanto mais nomes tiver, melhor. Teremos a sabedoria e a serenidade necessárias para entender que todos são competentes e definir o nome na hora certa", ponderou.


Ele também criticou o governo do PT por se apoderar das estruturas de governo do País, que na verdade pertencem ao povo. Para ele, cada vez mais cresce a responsabilidade do PSDB em ajudar o Brasil a reverter essa situação.

Deixe seu Comentário