Dourados – MS segunda, 13 de julho de 2020
Dourados
31º max
19º min
Respeito à Vida/ALMS (Ramal)
Dia-a-Dia

“Acorda Dourados” leva milhares às ruas contra governo Dilma

14 Mar 2016 - 06h00
O Movimento “Acorda Dourados” levou milhares de pessoas, que percorreram algumas  ruas no protesto de ontem,  segundo os organizadores da manifestação realizado em Dourados neste domingo. - Crédito: Foto: Marcos RibeiroO Movimento “Acorda Dourados” levou milhares de pessoas, que percorreram algumas ruas no protesto de ontem, segundo os organizadores da manifestação realizado em Dourados neste domingo. - Crédito: Foto: Marcos Ribeiro
Movimento "Acorda Dourados" levou milhares de pessoas, para as ruas nos protestos de ontem, segundo os organizadores. A Polícias Militar e a Guarda Municipal calcularam mais de dez mil pessoas. Na avaliação do empresário Claudio Gaiofato, membro do grupo "Vem pra Rua" a cidade de Dourados teve participação expressiva. "O povo foi para as ruas e disse o que quer, que é o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Agora cabe aos nossos deputados federais, aos nossos senadores e que representam Dourados e Mato Grosso do Sul agirem lá em Brasília, defendendo o anseio do povo", destaca.


O deputado federal Geraldo Resende também participo do protesto. "A população de dourados aponta que quer o impeachment da presidente Dilma. A população de Dourados quer o fim da corrupção e um novo país, baseado em princípios da ética, da moral e do respeito a cidadania", destaca.


O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (ACED), que é um dos organizadores, disse que é hora do Brasil se posicionar. "O que estamos vendo é uma onda de desmandos e o país não pode ficar quieto. Devamos passar o Brasil a limpo. Nós não gostaríamos que ninguém fosse condenado injustamente, mas também não queremos que o Brasil seja saqueado como está sendo agora", destaca.


O empresário Racib Harb diz que o protesto teve a finalidade de moralizar o país. "Estamos em apoio as ações da Polícia Federal, Ministério Público, Juiz Sérgio Moro e a Justiça Brasileira. Nunca na História deste país a corrupção chegou neste nível", destacou.


O vice prefeito Odilon Azambuja defendeu uma nova forma de administrar o País. "Hoje nós estamos vendo esse tipo de movimento, em que todo o Brasil se manifestou porque não aguenta mais esta forma como os políticos estão conduzindo o país", destacou.


O empresário Romem Barleta diz que as manifestações foram de grande importância. "O protesto é fundamental para derrubar um governo que é reprovado por quase 100% da população. Nós não toleramos o jogo político em que se compra e se aluga partidos para se manter base aliada na corrupção, na vergonha e que vem deixando nosso povo na miséria e destruindo nossa economia", destaca.


As ações do "Movimento Acorda Dourados" foram intensificadas na semana passada diante dos recentes acontecimentos no âmbito judiciário envolvendo o ex-presidente Lula. Nos últimos dois dias foram distribuídos na cidade pelo menos dois mil folhetos com os dizeres "Reaja Brasil – Dourados contra a corrupção".


No sábado, mais de 100 pessoas do movimento "Acorda Dourados", fizeram uma manifestação em frente ao prédio da Polícia Federal, em Dourados. Em todo o País, a população foi as ruas pedir impeachment da presidente Dilma e a prisão do ex-presidente Lula, acusado pelo (MPE) de São Paulo por ocultação de patrimônio e falsidade ideológica, além de ser investigado pela Policia Federal na Operação Lava Jato.

Deixe seu Comentário