Dourados – MS quarta, 23 de setembro de 2020
Dourados
30º max
15º min
Dia-a-Dia

Aced apoia mutirão contra Aedes no comércio

26 Jan 2016 - 07h00
Diretores da Aced reunidos com vice-prefeito, secretário de saúde e coordenadora do CCZ em Dourados. - Crédito: Foto: Assessoria ACEDDiretores da Aced reunidos com vice-prefeito, secretário de saúde e coordenadora do CCZ em Dourados. - Crédito: Foto: Assessoria ACED
A Prefeitura de Dourados realiza na sexta-feira mais um mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e zika-vírus. Desta vez, as ações de combate e conscientização estarão concentradas no comércio douradense, na região central da cidade e contarão com total apoio da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced).


Os detalhes da mobilização foram definidos ontem, durante reunião na entidade. A ação tem como objetivo conscientizar os empresários sobre o controle do mosquito, bem como eliminar possíveis focos e ampliar o controle do vetor, a exemplo do que já vem sendo feito nos bairros.


Durante reunião na Aced, o vice-prefeito Odilon Azambuja destacou que a intensificação nas ações é fundamental para evitar que Dourados viva uma epidemia de dengue ou outras doenças relacionadas ao mosquito, a exemplo do que já acontece em outras regiões do Estado e do país. Em Dourados, a ação acontece na sexta-feira, a partir das 7h30, com concentração na Praça Antônio João. Lá, empresários, funcionários e a população em geral receberão informações sobre o combate ao mosquito.


Cem agentes endêmicos do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ), com apoio do Exército, irão visitar as lojas e estabelecimentos para orientação e em busca de possíveis focos de proliferação do mosquito. “O pessoal acha que no centro não existe dengue, mas está bem infestado”, garante o secretário municipal de Saúde, Sebastião Nogueira.


O presidente da Aced, Antônio Nogueira, e demais diretores da entidade declararam total apoio ao mutirão e demais ações no comércio para evitar uma epidemia das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.


Somente este ano, já são 42 casos notificados de dengue no município. Até agora, não houve registro de casos de zika-vírus e febre chikungunya. A Prefeitura também disponibiliza canais de comunicação para informações pelos telefones (67) 3411-7753 ou 9960-5552.

Deixe seu Comentário