Dourados – MS terça, 14 de julho de 2020
Dourados
25º max
17º min
Respeito à Vida/ALMS (Ramal)
Dia-a-Dia

20º Showtec lança 1ª soja modificada resistente a pragas

21 Jan 2016 - 09h43
Governadora em exercício Rose Modesto, prefeito Maurílio Azambuja e demais autoridades no Showtec. - Crédito: Foto: LecaGovernadora em exercício Rose Modesto, prefeito Maurílio Azambuja e demais autoridades no Showtec. - Crédito: Foto: Leca
Começou ontem a 20ª edição do Showtec, que este ano tem como tema ‘Tecnologia é o nosso negócio’. Durante a abertura da feira, a Embrapa e Basf lançaram a primeira soja geneticamente modificada, totalmente desenvolvida no Brasil. A tecnologia estará disponível para comercialização em 2017. O sistema de produção facilita o manejo de plantas daninhas de difícil controle e tem alto potencial produtivo à frente a doenças, como o cancro da haste.


A feira, que vai até sexta-feira na sede da Fundação MS, é considerada um dos maiores eventos de difusão de tecnologias agropecuárias do País que apresenta, desta vez, cerca de 130 empresas expositoras e novidades destinadas a toda cadeia produtiva, além de palestras técnicas com temas voltados ao campo.


Durante abertura do evento, a governadora em exercício, Rose Modesto, ao lado do prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja, disse que enquanto estudiosos preveem um 2016 muito difícil para todo o Brasil, para Mato Grosso do Sul vai ser diferente exatamente por causa do agronegócio.


“O Showtec é um somatório de esforços de muitas instituições e pessoas”, explicou Luiz Alberto Moraes Novaes, presidente da Fundação MS.


Novaes ressaltou, ainda, a importância do trabalho desenvolvido pela Fundação MS, com a realização de pesquisas aplicadas para diferentes locais de produção. “Trabalhamos em 12 unidades ao longo de Mato Grosso do Sul, com 21.670 parcelas de pesquisas, que mostram ao produtor o ranqueamento de variedades, de produtos, defensivos e dosagens. São estudos que trazem a tecnologia ajustada para aquele ambiente”, observa.


O presidente do Sistema Famasul, Maurício Saito, lembrou da característica empreendedora dos produtores rurais e do apoio dado pela comunidade científica em solucionar problemas e implementar novas tecnologias, fazendo com que o Estado seja referência nacional em termos de produtividade e produção.


Para o prefeito Maurílio ferreira Azambuja, administrar com dinheiro e fácil, mas administrar com crise só para os bons empreendedores e os produtores de Maracaju mostraram essa competência.


Segundo Maurílio, a força do agronegócio aliada aos administradores públicos tem o poder de atravessar qualquer crise. “Em uma cidade como Maracaju, apoiar o agronegócio é apoiar o desenvolvimento do município. Conseguimos, através de parcerias, manter as estradas em ordem para o bom escoamento da safra, cursos profissionalizantes para o setor e o principal de todos, que foi nosso empenho para que o grupo chinês pudesse se instalar em Maracaju, trazendo uma nova fase para a agricultura local”.


Também estiveram presentes na abertura do Showtec, os secretários de estados, deputado federal Luiz Henrique Mandeta, deputados estaduais Zé Teixeira e Márcio Fernandes, entre outras autoridades.

Deixe seu Comentário