Dourados – MS sexta, 15 de outubro de 2021
Dourados
26º max
19º min
Mundo

Tribunal adia julgamento de Chirac por empregos fantasmas em Paris

09 Mar 2011 - 19h15
O ex-presidente francês Jacques Chirac deixa seu escritório nesta terça-feira - Crédito: Foto: APO ex-presidente francês Jacques Chirac deixa seu escritório nesta terça-feira - Crédito: Foto: AP
O Tribunal Correcional de Paris adiou nesta terça-feira (8) o julgamento penal aberto na véspera contra o ex-presidente francês Jacques Chirac por corrupção - a criação de empregos fantasmas - quando era prefeito de Paris (1977-95), depois de aceitar um recurso de procedimento apresentado pela defesa.

O tribunal, presidido pelo juiz Dominique Pauthe, propôs como possível data para a retomada do processo o dia 20 de junho.

O adiamento do julgamento, aberto na segunda-feira sem a presença de Chirac, aconteceu depois que o Tribunal Correcional aceitou um recurso de procedimento que está vinculado à constitucionalidade de determinados textos que impediram a prescrição dos fatos.

O ex-presidente Chirac (1995-2007), de 78 anos, é acusado de \"malversação de fundos\", \"abuso de confiança\" e \"apoderamento ilícito de interesses\" por dois casos, que incluem 30 empregos fantasmas nos anos 1990.

As causas serviram para ajudar as ambições política de Chirac no caminho para a presidência. (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo

Papa abre caminho à beatificação de João Paulo I

13/10/2021 16:00
Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência
Mundo

Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência

13/10/2021 09:00
Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência
Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz
Mundo

Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz

08/10/2021 13:00
Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz
Mundo

Pandemia teve impactos diretos para bebês e crianças, diz estudo

06/10/2021 14:00
Mundo

"Apagão" no Facebook foi erro interno e não ataque informático

06/10/2021 09:00
Últimas Notícias