Dourados – MS sábado, 23 de janeiro de 2021
Dourados
30º max
21º min
Influx
Mundo

Rebeldes da Líbia celebram notícia de possível apoio secreto dos EUA

31 Mar 2011 - 21h35
Rebeldes lançam foguete contra forças de Kadhafi nesta quinta-feira - Crédito: Foto: APRebeldes lançam foguete contra forças de Kadhafi nesta quinta-feira - Crédito: Foto: AP
Os rebeldes da Líbia se preparavam nesta quinta-feira (31) para um contra-ataque às forças do ditador Muammar Kadhafi, estimulados pelas notícias de um possível apoio secreto dos Estados Unidos e pela deserção do ministro das Relações Exteriores, Mussa Kussa.

\"Estamos começando a ver o regime de Kadhafi se desintegrar\', disse o porta-voz rebelde Mustafa Gheriani na cidade de Benghazi, no leste do país.

Os analistas concordaram que a deserção de Kussa, que viajou para Londres na quarta-feira, foi um grande revés para Kadhafi, cujas forças ganharam terreno nos últimos dias.

Mas o principal oficial militar dos EUA disse ao Congresso que Kadhafi está longe de ser derrotado. \"Nós de fato degradamos seriamente as capacidades militares dele\", disse o almirante Mike Mullen. \"Isso não significa que ele está prestes a sofrer um colapso do ponto de vista militar.\"

Apesar de quase duas semanas de ataques aéreos ocidentais, as tropas de Kadhafi têm usado armas e táticas melhores para fazer recuar os rebeldes que tentam avançar rumo a oeste pela costa a partir de Benghazi, no leste, em direção à capital Trípoli.

A notícia de que as autoridades norte-americanas contaram à Reuters que o presidente norte-americano, Barack Obama, havia autorizado operações secretas na Líbia abriu a perspectiva de um apoio maior aos rebeldes.

Especialistas supõem que as forças especiais estejam em solo líbio identificando alvos para os ataques aéreos. A confirmação pública de Washington talvez indique uma disposição para um envolvimento maior.

Os rebeldes afirmaram não saber nada sobre tropas ocidentais na Líbia e que uma participação estrangeira muito grande poderia ser prejudicial.

O pedido principal dos rebeldes é por armas, mas isso ainda não foi autorizado por Washington, em razão de um embargo de armas imposto pela Organização das Nações Unidas (ONU) que a Otan diz estar aplicando.

\'Isso reduziria a nossa credibilidade\', afirmou Gheriani.

A ordem de Obama deve alarmar ainda mais os países já preocupados de que os ataques aéreos contra a infraestrutura e as tropas terrestres promovidas pelos EUA, pelo Reino Unido e pela França estejam indo além da resolução da ONU que tem o objetivo declarado de apenas proteger civis.

\"Não posso falar sobre qualquer atividade da CIA, mas digo a vocês que o presidente deixou bem claro que, no tocante aos militares dos Estados Unidos, não haverá botas no solo\", disse o secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates.

A principal autoridade do Vaticano na capital líbia citou testemunhas na quinta-feira, dizendo que ao menos 40 civis morreram com os ataques aéreos ocidentais em Trípoli.

A Otan afirmou que está investigando, mas não tem confirmação sobre a notícia.

A agência de notícias estatal da Líbia, citando fontes militares, disse que os ataques aéreos do Ocidente atingiram uma área civil da capital durante a noite, mas não mencionou vítimas. (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

20/01/2021 15:26
Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Futebol

Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial

20/01/2021 09:57
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Tênis

Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena

20/01/2021 07:52
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia

09/01/2021 10:02
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Trump diz que não vai à posse de Biden

08/01/2021 15:04
Últimas Notícias