Dourados – MS terça, 26 de maio de 2020
Dourados
23º max
10º min
Mundo

'Queria assustar, não matar', diz agressor de chargista que ilustrou Maomé em jornal dinamarquês

19 Jan 2011 - 16h05
Chargista dinamarquês Kurt Westergaard teve a casa invadida por muçulmano somali após publicação de trabalho polêmico que retratava o Profeta Maomé. - Crédito: Foto: Associated PressChargista dinamarquês Kurt Westergaard teve a casa invadida por muçulmano somali após publicação de trabalho polêmico que retratava o Profeta Maomé. - Crédito: Foto: Associated Press
O somali de 29 anos julgado por ter tentado assassinar há um ano o chargista dinamarquês Kurt Westergaard, que irritou o mundo muçulmano ao desenhar caricaturas de Maomé, afirmou nesta quarta-feira que tinha apenas a intenção de \"assustá-lo, mas não de matá-lo\", no primeiro dia de audiências de seu processo em Aarhus.

\"Eu estava com raiva e frustrado com suas declarações. Eu queria assustá-lo, mas não matá-lo\", disse aos jurados em dinamarquês, com voz serena.

Mohamed Geele, cujo nome foi revelado pela primeira vez, é acusado de \"tentativa de terrorismo, tentativa de assassinato e violência grave contra um policial no exercício de suas funções, assim como posse ilegal de armas\", segundo a ata de acusação apresentada na audiência.

\"Meu cliente reconhece apenas a posse de armas brancas e a invasão de propriedade alheia\", declarou seu advogado, Niels Strauss.

Segundo os serviços de inteligência dinamarqueses, Mohamed Geele tem ligações com os islamitas somalias de Al Shebab e com líderes da rede Al-Qaeda na África Oriental.

Em 1º de janeiro de 2010, este somali que vivia em Copenhaguen entrou na casa de Westergaard armado com uma faca e um punhal, gritando que queria matá-lo porque ele havia \"ofendido o profeta e os muçulmanos\", contou o chargista à AFP.

Westergaard foi socorrido pela polícia, que acertou dois tiros em Geele.

Aos 75 anos, o artista dinamarquês foi ameaçado de morte várias vezes desde que o jornal Jyllands-Posten publicou, em 30 de setembro de 2005, uma sátira de sua autoria retratando Maomé vestido com um turbante em forma de bomba com a mecha acesa.

(G1.com)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19: OMS interrompe ensaio clínico com hidroxicloroquina
Covid-19

Covid-19: OMS interrompe ensaio clínico com hidroxicloroquina

25/05/2020 15:24
Covid-19: OMS interrompe ensaio clínico com hidroxicloroquina
SAÚDE

Casos de covid-19 no mundo ultrapassam 5 milhões

21/05/2020 07:35
UNAIDS dá boas-vindas a nova ferramenta de prevenção de HIV
Prevenção

UNAIDS dá boas-vindas a nova ferramenta de prevenção de HIV

20/05/2020 18:30
UNAIDS dá boas-vindas a nova ferramenta de prevenção de HIV
DIPLOMACIA

EUA doam US$ 3 milhões para ajudar Brasil no combate à pandemia

20/05/2020 08:26
Skate: período de classificação para Jogos de Tóquio é ampliado
Jogos de Tóquio

Skate: período de classificação para Jogos de Tóquio é ampliado

18/05/2020 17:32
Skate: período de classificação para Jogos de Tóquio é ampliado
Últimas Notícias