Dourados – MS sábado, 18 de maio de 2024
18º
Mundo

Quatro astronautas retornam à Terra em cápsula da SpaceX após missão de 6 meses

Tripulação estava em órbita desde novembro do ano passado, e realizou pesquisas que vão desde pimentas cultivadas no espaço até uso de robôs

06 Mai 2022 - 10h17Por CNN
Astronautas da Nasa e da Agência Espacial Europeia (ESA) dentro da SpaceX Crew Dragon Endurance após pousarem no Golfo do México ao retornar de uma missão espacial de 177 dias. Eles foram resgatados pelo navio de recuperação SpaceX Shannon - Crédito: Aubrey Gemignani/NASA via Getty ImagesAstronautas da Nasa e da Agência Espacial Europeia (ESA) dentro da SpaceX Crew Dragon Endurance após pousarem no Golfo do México ao retornar de uma missão espacial de 177 dias. Eles foram resgatados pelo navio de recuperação SpaceX Shannon - Crédito: Aubrey Gemignani/NASA via Getty Images

A terceira equipe de astronautas que estava em missão de longa duração lançada pela SpaceX para a Estação Espacial Internacional (ISS) retornou com segurança à Terra nesta sexta-feira (6), pousando no Golfo do México, na Flórida, para encerrar meses de pesquisas orbitais que vão desde pimentas cultivadas no espaço até robôs.

A cápsula SpaceX Crew Dragon apelidada de Endurance – transportando três astronautas da Nasa, dos Estados Unidos, e um colega de tripulação da Agência Espacial Europeia (ESA), da Alemanha – aterrissou de paraquedas em mares calmos na escuridão ao concluir um voo autônomo de mais de 23 horas, que partiu da ISS.

O vídeo da chegada, gravado por uma câmera térmica por volta das 01h45 da manhã, no horário de Brasília, foi transmitido ao vivo pela Nasa e pela SpaceX.

A tripulação da Endurance, que entrou em órbita no dia 11 de novembro, consistia no veterano americano de voos espaciais Tom Marshburn, 61, e três astronautas iniciantes: Raja Chari, da Nasa, 44, e Kayla Barron, 34, e seu colega da ESA, Matthias Maurer, de 52.

Chari podia ser ouvido no rádio graças ao controle da missão momentos após a chegada.

Em menos de uma hora, a Crew Dragon, queimada pelo calor, foi içada até um navio de recuperação para que a escotilha lateral da cápsula fosse aberta e os quatro astronautas fossem ajudados um a um para seu primeiro suspiro de ar fresco em quase seis meses.

Retorno ardente, depois ar fresco

Ainda vestidos com trajes espaciais brancos e pretos, e com sua força e equilíbrio abalados por 175 dias em um ambiente sem gravidade, os astronautas foram ajudados a sair da cápsula em macas especiais enquanto acenavam para as câmeras.

Cada um receberia um check-up médico de rotina a bordo do navio antes de ser levado de helicóptero de volta para a Flórida.

O retorno do espaço aconteceu após um mergulho de reentrada em chamas pela atmosfera da Terra, gerando calor por fricção que fez com que as temperaturas fora da cápsula subissem para 1.930 ºC.

Dois conjuntos de paraquedas se abriram acima da cápsula no estágio final de descida, diminuindo sua queda para cerca de 24 km/h antes da embarcação atingir a água na costa de Tampa, na Flórida.

Aplausos do centro de controle de voo da SpaceX no subúrbio de Los Angeles foram ouvidos pela transmissão ao vivo.

Os astronautas foram oficialmente designados como “Commercial Crew 3” da Nasa, a terceira equipe de missão de longa duração das quatro que a SpaceX lançou para a estação espacial em parceria com a agência espacial dos EUA.

A SpaceX, fundada em 2002 por Elon Musk, o bilionário CEO da fabricante de carros elétricos Tesla, que recentemente fechou um acordo para comprar o Twitter, fornece os foguetes Falcon 9 e as cápsulas Crew Dragon que agora transportam astronautas da Nasa para a órbita.

A empresa também controla esses voos e lida com as recuperações, enquanto a Nasa fornece as tripulações e instalações de lançamento no Centro Espacial Kennedy em Cabo Canaveral, Flórida, e gerencia as operações da estação espacial dos EUA.

Algodão de microgravidade e combustão

A SpaceX, com sede na Califórnia, lançou sete voos espaciais tripulados nos últimos dois anos – cinco para a Nasa e dois para empreendimentos privados – bem como dezenas de missões de carga e satélite desde 2012.

A Commercial Crew 3 retornou à Terra com cerca de 250 kg de carga, incluindo cargas de amostras de pesquisa na ISS.

Além de realizar manutenção de rotina enquanto estão em órbita a cerca de 400 km acima da Terra, os astronautas contribuíram para centenas de experimentos científicos e demonstrações de tecnologia.

Os destaques incluíram estudos da expressão genética em células de algodão cultivadas no espaço, combustão de chama gasosa em microgravidade e as sequências de DNA de bactérias dentro da estação.

Os membros da tripulação também testaram novos dispositivos robóticos, colheram pimentas cultivadas em órbita e conduziram experimentos em física espacial e ciência de materiais.

Barron e Chari realizaram uma caminhada espacial para preparar a estação para outra série de novos painéis solares leves, a serem usados eventualmente no posto avançado do Gateway que orbitará a lua.

O retorno da Commercial Crew 3 ocorre cerca de uma semana depois que eles receberam sua equipe substituta, a quarta equipe da SpaceX a bordo da estação espacial.

Um dos três cosmonautas russos que também agora habitam a estação, Oleg Artemyev, assumiu o comando da ISS de Marshburn em uma transferência antes da partida do Endurance na quinta-feira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ONU diz que 85% dos Estados-membros criminalizam atos contra a vida selvagem
Legislação e prevenção de crimes

ONU diz que 85% dos Estados-membros criminalizam atos contra a vida selvagem

18/05/2024 20:30
ONU diz que 85% dos Estados-membros criminalizam atos contra a vida selvagem
ONU confirma chegada de alimentos em Gaza via doca flutuante
Ajuda humanitária

ONU confirma chegada de alimentos em Gaza via doca flutuante

18/05/2024 19:30
ONU confirma chegada de alimentos em Gaza via doca flutuante
Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento
Desenvolvimento econômico

Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento

17/05/2024 22:30
Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento
Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão
Paz e segurança

Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão

17/05/2024 21:15
Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão
Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis
Paz e segurança

Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis

17/05/2024 20:15
Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis
Últimas Notícias