Dourados – MS quarta, 01 de abril de 2020
Dourados
34º max
22º min
Mais Alems
Mundo

Professora morre em acidente com paraquedas no Paraná

21 Jan 2011 - 20h15
Uma professora universitária de 57 anos morreu, no último domingo (16), depois de um acidente de paraquedas na cidade de Pato Branco (PR). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima morreu no local, ao cair em uma lavoura de soja. A suspeita é que ela não tenha conseguido acionar o paraquedas adequadamente.

“A informação que recebemos é que esse seria o sexto salto da vítima, e ela já havia feito o curso, então a suspeita é que tenha ocorrido algum problema no equipamento”, afirma o cabo Arlei Bieger, do Corpo de Bombeiros, que atuou no atendimento da ocorrência.

A Polícia Civil investiga se houve imprudência dos organizadores dos saltos, ou se o acidente ocorreu por falha da vítima ao acionar o equipamento. “Foi instaurado um inquérito para averiguar se houve ou não culpa dos organizadores do evento. A princípio houve um problema com o paraquedas principal e, como ela era iniciante, não conseguiu soltar o paraquedas reserva a tempo. Será apurado, no entanto, se ela tinha condições de realizar saltos sozinha, ou se houve omissão e imprudência dos instrutores”, afirma a delegada Franciela Alberton, responsável pelas investigações.

Todos os equipamentos usados pela professora foram recolhidos e serão analisados pela perícia, que também avaliou o local do acidente. Ainda não foram ouvidas testemunhas, segundo a polícia.

\"Eu vi o acidente, e ela teve uma má saída, soltando primeiro uma mão em vez de soltar as duas ao mesmo tempo. Com isso, ela se desestabilizou e saiu de cabeça para baixo. Uma perna dela então se enroscou em uma fita presa ao avião, o paraquedas principal se abriu e começou a girar. Ela sabia que deveria desconectar o paraquedas principal e abrir o reserva, e estava sendo lembrada do procedimento pelo rádio, mas não efetuou o comando. Ela tinha conhecimento, mas não tomou essa providência\", diz ao G1 o instrutor da vítima, Marcos Macagnan.

Segundo Macagnan, a professora havia iniciado o curso de paraquedismo em 25 de setembro e os saltos realizados no fim de semana do acidente foram um presente de aniversário do seu marido.

(G1.com)

Deixe seu Comentário

Leia Também

UNAIDS apoia decisão de realizar virtualmente a 23ª Conferência Internacional de AIDS
Saúde

UNAIDS apoia decisão de realizar virtualmente a 23ª Conferência Internacional de AIDS

31/03/2020 20:15
UNAIDS apoia decisão de realizar virtualmente a 23ª Conferência Internacional de AIDS
OMS pede mais equipamentos e suprimentos médicos para enfrentar coronavírus
Saúde

OMS pede mais equipamentos e suprimentos médicos para enfrentar coronavírus

31/03/2020 18:10
OMS pede mais equipamentos e suprimentos médicos para enfrentar coronavírus
Maior viveiro da América Latina recebe quase 300 aves resgatadas
Meio ambiente

Maior viveiro da América Latina recebe quase 300 aves resgatadas

31/03/2020 16:20
Maior viveiro da América Latina recebe quase 300 aves resgatadas
Internacional

Com hospitais sobrecarregados, EUA erguem instalações temporárias

31/03/2020 14:50
Internacional

Espanha registra pico de mortes por coronavírus em um dia; foram 849 nas últimas 24 horas

31/03/2020 13:50
Últimas Notícias