Dourados – MS segunda, 25 de outubro de 2021
Dourados
29º max
17º min
Ranking Valor Econômico
Mundo

Procurador de Haia quer investigar massacres na Costa do Marfim

06 Abr 2011 - 19h35
O procurador do Tribunal Penal Internacional, o argentino Luis Moreno-Ocampo, anunciou nesta quarta-feira - Crédito: Foto: APO procurador do Tribunal Penal Internacional, o argentino Luis Moreno-Ocampo, anunciou nesta quarta-feira - Crédito: Foto: AP
O procurador do Tribunal Penal Internacional, o argentino Luis Moreno-Ocampo, anunciou nesta quarta-feira (6) que quer abrir uma investigação sobre os massacres cometidos de forma \"sistemática ou generalizada\" na Costa do Marfim.

Segundo a ONU e várias organizações internacionais, houve massacres em grande escala na tomada de Duekué --importante localidade situada no oeste do país-- na terça-feira, 29 de março, pelos combatentes do presidente eleito Alassane Ouattara, que tenta tirar o atual mandatário, Laurent Gbagbo, do poder. Os registros vão de 330 mortos a mil mortos ou desaparecidos.
O TPI, com sede em Haia, pode abrir uma investigação a pedido do Conselho de Segurança da ONU, como é o caso da Líbia, a pedido de um Estado-parte do Estatuto de Roma, fundamento jurídico do Tribunal, ou por iniciativa do gabinete do procurador.

(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo

OMS: covid pode ter matado 80 mil a 180 mil profissionais de saúde

22/10/2021 14:30
ONU alerta sobre riscos de extração de combustíveis fósseis até 2030
Mundo

ONU alerta sobre riscos de extração de combustíveis fósseis até 2030

20/10/2021 12:00
ONU alerta sobre riscos de extração de combustíveis fósseis até 2030
Mundo

Papa abre caminho à beatificação de João Paulo I

13/10/2021 16:00
Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência
Mundo

Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência

13/10/2021 09:00
Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência
Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz
Mundo

Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz

08/10/2021 13:00
Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz
Últimas Notícias