Dourados – MS domingo, 01 de agosto de 2021
Dourados
23º max
12º min
Mundo

Primeiro-ministro japonês abre mão de salário até o fim da crise nuclear

10 Mai 2011 - 17h35
Naoto Kan em coletiva de imprensa realizada
nesta terça-feira - Crédito: Foto: ReutersNaoto Kan em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira - Crédito: Foto: Reuters
O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, anunciou nesta terça-feira (10) que vai abrir mão do salário até o fim da crise na central nuclear de Fukushima.

\"Continuarei recebendo meu salário como membro do Parlamento, mas não o de primeiro-ministro nem os bônus correspondentes\", explicou o chefe de Governo em uma entrevista coletiva.

O Japão enfrenta há dois meses o mais grave acidente nuclear de sua história, depois das avarias nos circuitos de resfriamento da central de Fukushima, provocada pelo terremoto e pelo tsunami de 11 de março.

\"O governo tem uma grande responsabilidade nesta crise, assim como a Tokyo Electric Power (Tepco - a companhia de energia elétrica que administra a central de Fukushima)\", explicou Kan.

Assim, Kan abre mão dos 1,6 milhão de ienes mensais (US$ 20 mil) que recebe como primeiro-ministro, mas seguirá recebendo 800 mil ienes (US$ 10 mil) que ganha como deputado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo

OMS afirma que China deve fornecer dados sobre origens da covid-19

15/07/2021 17:00
Mundo

Suspeitos de assassinato do presidente do Haiti são mortos a tiros

08/07/2021 11:00
Mundo

Covid-19: anticorpos podem durar até 12 meses após infecção

08/07/2021 10:00
Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê
Mundo

Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê

07/07/2021 07:30
Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê
Mundo

Onda de calor recorde nos EUA e Canadá mata 45 no Estado do Oregon

01/07/2021 17:30
Últimas Notícias