Dourados – MS domingo, 01 de agosto de 2021
Dourados
23º max
12º min
Mundo

Preso tira algema, pula janela e foge

01 Jul 2011 - 09h59
Arma de brinquedo que estava com homem, de 22 anos, que foi reconhecido por uma vítima durante uma abordagem policial - Crédito: Foto: Marcelo Mora/G1Arma de brinquedo que estava com homem, de 22 anos, que foi reconhecido por uma vítima durante uma abordagem policial - Crédito: Foto: Marcelo Mora/G1
Fonte: G1


Um suspeito de assaltar motoristas em cruzamentos na região da Avenida Paulista fugiu da delegacia do Paraíso, na Zona Sul da capital, enquanto prestava depoimento. Durante o interrogatório, o homem de 22 anos ficou sozinho na sala, tirou a algema, pulou a janela e escapou. A informação foi confirmada na quinta-feira (30) pela polícia.

O suspeito de cometer roubos utilizando uma pistola de brinquedo tinha sido preso na terça-feira (28) graças a uma incrível coincidência. De acordo com o delegado Márcio de Castro Nilsson, titular do 36° DP, no Paraíso, policiais civis fizeram uma abordagem de rotina, por volta das 22h de terça na Praça Osvaldo Gogliano Vadico, na região da Avenida Paulista. Com o suspeito, os policiais encontraram a pistola de brinquedo, uma imitação quase perfeita de uma arma verdadeira. "Só pela arma de brinquedo em si, não teríamos o que fazer. Não poderíamos prendê-lo", disse o delegado.


Durante a abordagem, no entanto, uma vítima, que passava pelo local, identificou o homem como sendo o mesmo que o assaltara quatro anos antes. Segundo o delegado, a vítima é um médico, que em 17 de junho de 2007 foi abordado por uma dupla de assaltantes quando estava em seu veículo acompanhado da mulher e dos filhos.

"Na ocasião, eles roubaram a bolsa da mulher deste médico. Mas eles acabaram surpreendidos. O parceiro dele foi preso, julgado e condenado por este crime. Ele, no entanto, conseguiu fugir na época", afirmou o delegado. O suspeito foi preso e condenado posteriormente por um outro roubo que cometeu, em 2009, na Avenida Indianópolis, na Zona Sul de São Paulo. Segundo Nilsson, ele deixou a cadeia no início de abril, após cumprir parte da pena.

Investigação

O delegado Adalberto Barbosa, que comanda a Delegacia Seccional da região, disse que o policial responsável pelo preso não obedeceu a um importante procedimento de segurança, que é trancar o suspeito em uma cela provisória. O caso está sendo investigado pela polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo

OMS afirma que China deve fornecer dados sobre origens da covid-19

15/07/2021 17:00
Mundo

Suspeitos de assassinato do presidente do Haiti são mortos a tiros

08/07/2021 11:00
Mundo

Covid-19: anticorpos podem durar até 12 meses após infecção

08/07/2021 10:00
Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê
Mundo

Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê

07/07/2021 07:30
Presidente do Haiti é assassinado em casa durante a noite, diz premiê
Mundo

Onda de calor recorde nos EUA e Canadá mata 45 no Estado do Oregon

01/07/2021 17:30
Últimas Notícias