Dourados – MS sábado, 28 de novembro de 2020
Dourados
36º max
23º min
Imaculada-Desk
Imaculada-Mobile
Mundo

Presidente de Kosovo renuncia, mas afirma que vai se candidatar de novo

30 Mar 2011 - 19h35
O presidente de Kosovo, Behgjet Pacolli, durante visita a Skopje, na Macedônia, em 23 de março - Crédito: Foto: ReutersO presidente de Kosovo, Behgjet Pacolli, durante visita a Skopje, na Macedônia, em 23 de março - Crédito: Foto: Reuters
O presidente de Kosovo, Behgjet Pacolli, renunciou nesta quarta-feira (30) depois que a Corte Constitucional decidiu que a sua eleição pelo Parlamento há um mês não foi constitucional, mas ele concorrerá de novo à Presidência, disse um assessor.

A renúncia de Pacolli, que foi eleito para o cargo basicamente protocolar num acordo de compartilhamento de poder com o primeiro-ministro Hashim Thaci, poderá forçar a antecipação das eleições parlamentares, a menos que os partidos do governo e da oposição cooperem para pôr fim ao impasse.

O próprio percurso de Pacolli para a Presidência foi aberto depois de uma decisão da corte segundo a qual o seu antecessor, Fatmir Sejdiu, teria descumprido a lei ao servir como líder de partido e presidente ao mesmo tempo, abrindo o caminho para as eleições parlamentares antecipadas de dezembro passado.

\'O presidente da República de Kosovo, Behgjet Pacolli, está pronto para respeitar a decisão (da corte constitucional)\', disse o principal assessor de Pacolli, Ibrahim Gashi, a jornalistas.

\'Pacolli será o candidato dos parceiros da coalizão na nova eleição de um novo presidente, porque ele não violou a Constituição\', disse Gashi.

Diplomatas afirmam que o país mais jovem da Europa está produzindo crises e mais crises e não é capaz de lidar com elas.

A nova crise política complicará ainda mais as negociações técnicas com a Sérvia, da qual se separou há três anos, e adiará a venda de companhias estatais.

Os partidos PDK, de Thaci, e AKR, de Pacolli, votaram em Pacolli no Parlamento, mas um boicote dos partidos de oposição fez com que a eleição não tivesse o quórum de ao menos 80 membros no Parlamento com 120 lugares. A eleição também não teve um candidato rival.

Os partidos de oposição se opõem ferrenhamente à candidatura de Pacolli em razão do seu histórico de laços comerciais com a Rússia, o principal opositor da independência de Kosovo. (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos
futebol

Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos

25/11/2020 13:01
Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos
Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos

07/11/2020 16:04
Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos
PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA
Mundo

PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA

06/11/2020 09:37
PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA
Halloween: a curiosa origem do Dia das Bruxas
Dia das Bruxas

Halloween: a curiosa origem do Dia das Bruxas

31/10/2020 14:05
Halloween: a curiosa origem do Dia das Bruxas
Mundo

Brasil e outros 31 países assinam declaração sobre saúde da mulher

23/10/2020 15:09
Últimas Notícias