Dourados – MS terça, 11 de agosto de 2020
Dourados
34º max
19º min
Campanha Parcelamento Conta
Mundo

Peruche volta à elite com centenário do Teatro Municipal

09 Fev 2011 - 14h15
Alegorias da Unidos do Peruche recebem os toques finais para o Carnaval 2011 - Crédito: Foto: Rafael Italiani/G1Alegorias da Unidos do Peruche recebem os toques finais para o Carnaval 2011 - Crédito: Foto: Rafael Italiani/G1
A Unidos do Peruche, escola do Bairro do Limão, Zona Norte de São Paulo, volta para o Grupo Especial do carnaval paulistano com o enredo “Abram-se as cortinas! O espetáculo vai começar. 100 anos de Theatro Municipal de São Paulo. A Peruche vai contar”. Por conta disso, o carnavalesco Amarildo de Mello resolveu dividir o enredo que abre os desfiles no dia 4 de março, às 23h, em atos e não em setores, como é de costume.

A Unidos do Peruche, que volta ao Grupo Especial após o vice-campeonato do ano passado no Grupo de Acesso, vai entrar no Anhembi com seus 3.000 componentes distribuídos em 26 alas e cinco carros. “O tema é clássico, mas vai ser apresentado de forma moderna. Vamos fazer um carnaval muito dançado e teatralizado”, diz Amarildo Mello. De acordo com Mello, cerca de 1.100 componentes das alas e dos carros estão sendo ensaiados.

O carro abre-alas, que vai mostrar a inauguração do Teatro Municipal, evento que ocasionou um dos primeiros congestionamentos da cidade, terá 138 componentes. A alegoria também vai contar com uma plateia desenvolvendo os mais variados tipos de arte que passaram pelo local ao longo de seus 100 anos: óperas, danças, música, teatro etc.

O segundo ato da Peruche traz um dos momentos mais importantes do Teatro Municipal: A Semana de Arte Moderna de 1922. “Isso é muito importante para o nosso enredo, já que na época da inauguração já existia o movimento modernista. A escolha do Teatro Municipal para a Semana de Arte Moderna foi uma forma de deboche aos valores clássicos”, afirma o carnavalesco.

Emerson Nunes e Cintia Cristina Grecco Pricolli formam o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira da Unidos do Peruche. Eles vão representar a vitória dos 100 anos do Teatro Municipal, com fantasias que fazem alusão a arte criada na Grécia na antiguidade.

A Peruche também vai trazer uma ala composta por 60 drag-queens representando a peça \"Vestido de Noiva\", de Nelson Rodrigues. “Como ele sempre chocou, pretendemos fazer isso também.”

A modelo Caroline Bittencourt estreia no Carnaval como rainha de bateria da Peruche, comandada pelo mestre Cal. A modelo Danielle França é a madrinha e a ex-BBB Jaqueline Khury é a musa da bateria. Serão 220 ritmistas que darão vida ao samba-enredo cantado pelos intépretes Tinga, Toninho Penteado, Bernardete e Manoel.


(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cepal diz que comércio internacional da América Latina cairá 23%
Economia

Cepal diz que comércio internacional da América Latina cairá 23%

07/08/2020 08:00
Cepal diz que comércio internacional da América Latina cairá 23%
Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa
CoronaVac

Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa

06/08/2020 14:29
Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa
Dólar opera em alta após novo corte na taxa de juros
Economia

Dólar opera em alta após novo corte na taxa de juros

06/08/2020 12:30
Dólar opera em alta após novo corte na taxa de juros
Efeitos da pandemia serão sentidos por décadas, diz chefe da OMS
Pandemia

Efeitos da pandemia serão sentidos por décadas, diz chefe da OMS

06/08/2020 07:12
Efeitos da pandemia serão sentidos por décadas, diz chefe da OMS
Demissão

Latam vai demitir 2,7 mil tripulantes

05/08/2020 18:02
Últimas Notícias