Dourados – MS quinta, 17 de janeiro de 2019
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Imigração Segura

Pacto Global para Migração da ONU é aprovado por mais de 150 países

10 Dez 2018 - 09h10Por da Redação
Pacto Global para Migração da ONU é aprovado por mais de 150 países - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regular das Nações Unidas (ONU) foi aprovado nesta segunda-feira por mais de 150 países presentes na conferência intergovernamental da organização na cidade marroquina de Marrakech.

A aprovação foi por aclamação durante a sessão plenária presidida pelo secretário-geral da ONU, Antonio Guterres; a presidente da Assembleia Geral da ONU, María Fernanda Espinosa, e Nasser Burita, o ministro das Relações Exteriores do Marrocos.

Durante seu discurso, Guterres lançou uma mensagem aos países que se negaram a assinar o pacto e que expressaram suas desconfianças sobre o texto ou pediram tempo, afirmando que "não é um tratado" e que "não é juridicamente vinculativo", e deixando as portas abertas para que o assinem futuramente.

O texto garante "o direito soberano dos Estados de determinar suas políticas de migração e suas prerrogativad para governar a migração dentro de sua jurisdição, em conformidade com o direito internacional", insistiu o secretário-geral.

Ao mesmo tempo, Guterres lamentou a existência de "falsidades" sobre o documento e o fenômeno migratório em geral.

Por sua vez, a presidente da Assembleia Geral da ONU, María Fernanda Espinosa, reiterou que o documento é um instrumento flexível que se adapta à necessidade nacional dos Estados.

"É um momento histórico porque damos uma feição humana à emigração", disse María, antes de acrescentar que os Estados, "por mais poderosos que sejam, não podem enfrentar o desafio migratório sozinhos".

Quinze chefes de Estado, oito primeiros-ministros e vários chanceleres e responsáveis discursaram neste encontro, que durará dois dias.

Alguns países, sobretudo receptores de emigrantes, como Austrália, Chile, Itália, Israel e um grande grupo dos centro-europeus, se retiraram do pacto nas últimas semanas até ontem, enquanto os Estados Unidos se opuseram a ele desde o início.

Para responder às desconfianças, todos os oradores que hoje tomaram a palavra insistiram que a soberania dos estados não será de modo algum diminuída e ressaltaram que a migração é um problema global e requer soluções globais.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ação no Paraguai apreende 260 mil quilos de açúcar brasileiro contrabandeado
Contrabando

Ação no Paraguai apreende 260 mil quilos de açúcar brasileiro contrabandeado

28/12/2018 09:30
Ação no Paraguai apreende 260 mil quilos de açúcar brasileiro contrabandeado
Indonésia eleva para 430 o número de mortos pelo tsunami
Indonésia

Indonésia eleva para 430 o número de mortos pelo tsunami

26/12/2018 08:44
Indonésia eleva para 430 o número de mortos pelo tsunami
Veja as 5 novidades para os celulares em 2019
Tecnologia

Veja as 5 novidades para os celulares em 2019

26/12/2018 08:23
Veja as 5 novidades para os celulares em 2019
Japão retomará no próximo ano caça de baleias em seu território
Mundo

Japão retomará no próximo ano caça de baleias em seu território

26/12/2018 08:16
Japão retomará no próximo ano caça de baleias em seu território
Sobe para 281 número de mortos em tsunami na Indonésia
Tsunami

Sobe para 281 número de mortos em tsunami na Indonésia

24/12/2018 08:17
Sobe para 281 número de mortos em tsunami na Indonésia
Últimas Notícias