Dourados – MS terça, 27 de fevereiro de 2024
34º
IPVA parcela 2
Paz e segurança

OMS relata piora da situação "a cada hora" na Faixa de Gaza

Número de deslocados chega a 1,8 milhão; uma criança perde a vida a cada 10 minutos na região; pelo menos 130 funcionários das Nações Unidas estão entre as vítimas fatais do conflito

05 Dez 2023 - 22h15Por ONU News
Uma criança palestina ferida é levada às pressas para o hospital Al Shifa, em Gaza - Crédito:  OMS Uma criança palestina ferida é levada às pressas para o hospital Al Shifa, em Gaza - Crédito: OMS

A Organização Mundial da Saúde, OMS, declarou que “a situação está piorando a cada hora” na Faixa de Gaza devido aos confrontos. 

De acordo com o representante do Escritório da agência para a Cisjordânia e Gaza, Rik Peeperkorn, os bombardeios estão mais intensos em todas as áreas, inclusive nas do sul como Khan Yunis e Rafah.

Mortes e deslocados

Pelo menos 15,9 mil palestinos morreram desde 7 de outubro, após o início dos ataques do grupo Hamas a Israel seguidos por atos de retaliação das forças israelenses. No total, 1,2 mil pessoas perderam a vida em Israel, sendo que 80 soldados foram mortos em Gaza.

Falando de Rafah, o representante Rik Peeperkorn  citou estimativas apontando que cerca de 1,8 milhão de pessoas, ou quase 80% da população de Gaza, vivem como deslocados internos. 

O representante da OMS ressaltou que, em média, uma criança perde a vida a cada 10 minutos em Gaza. 

Nos últimos dias, o deslocamento tem aumentado na chamada área intermediária e nas regiões do sul, em direção a pontos mais a sul.

Já o porta-voz do Fundo da ONU para a Infância, Unicef, falou a jornalistas a partir do Cairo e indicou que o direito humanitário internacional obriga os militares a “tomar todas as medidas possíveis” para proteger os civis. 

Água abrigo e saneamento

James Elder considerou inaceitável que seja declarado unilateralmente que pessoas deveriam seguir para as “chamadas zonas seguras” onde disse haver “prédios semiconstruídos” sem água, abrigo ou saneamento.

A Agência da ONU de Assistência aos Refugiados Palestinos, Unrwa, disse terem morrido 130 funcionários durante o conflito.

Para o representante regional da OMS, o mundo vive um momento sombrio com o conflito em Gaza. Ele pediu o fim dos bombardeamentos e que as partes envolvidas concordem com um cessar-fogo sustentado.

A maior preocupação da agência é com a vulnerabilidade da infraestrutura de saúde em meio a um sistema paralisado. Nenhuma instalação de atendimento funciona no norte de Gaza.

O hospital Al-Ahly, em grande parte, está completamente superlotado e funciona como centro de trauma. Além da falta de leitos, muitas pessoas buscam abrigo nas instalações hospitalares, segundo o funcionário da OMS.

As populações que fazem o movimento para o extremo sul de Gaza também apresentam diversas doenças infecciosas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O que é a Assembleia da ONU do Meio Ambiente e porque ela importa
Clima e Meio Ambiente

O que é a Assembleia da ONU do Meio Ambiente e porque ela importa

há 16 horas atrás
O que é a Assembleia da ONU do Meio Ambiente e porque ela importa
Abertura da Unea-6 reforça unidade global através da diplomacia ambiental
Clima e Meio Ambiente

Abertura da Unea-6 reforça unidade global através da diplomacia ambiental

há 17 horas atrás
Abertura da Unea-6 reforça unidade global através da diplomacia ambiental
Entrada de ajuda humanitária em Gaza cai 50% em fevereiro
Ajuda humanitária

Entrada de ajuda humanitária em Gaza cai 50% em fevereiro

há 18 horas atrás
Entrada de ajuda humanitária em Gaza cai 50% em fevereiro
Cinco coisas que você deve saber sobre minerais de "energia limpa" e mineração
Clima e Meio Ambiente

Cinco coisas que você deve saber sobre minerais de "energia limpa" e mineração

25/02/2024 17:30
Cinco coisas que você deve saber sobre minerais de "energia limpa" e mineração
Como a Assembleia da ONU para o Meio Ambiente pode conduzir o mundo para um futuro sustententável
Clima e Meio Ambiente

Como a Assembleia da ONU para o Meio Ambiente pode conduzir o mundo para um futuro sustententável

24/02/2024 19:00
Como a Assembleia da ONU para o Meio Ambiente pode conduzir o mundo para um futuro sustententável
Últimas Notícias