Dourados – MS quinta, 23 de maio de 2024
30º
Saúde

OMS alerta para necessidade de regulamentar propagandas de bebidas alcoólicas

Ferramentas digitais levam campanhas de marketing para diversos países, muitas vezes com regulações distintas

10 Mai 2022 - 15h45Por ONU News
Consumo de álcool associado a maior risco de câncer de fígado - Crédito: OMS/Sergey VolkovConsumo de álcool associado a maior risco de câncer de fígado - Crédito: OMS/Sergey Volkov

Um novo relatório da Organização Mundial da Saúde, OMS, destaca o uso crescente de técnicas sofisticadas de propaganda no setor de bebidas alcoólicas e a necessidade de uma regulamentação mais eficaz.

O estudo mostra que os jovens e consumidores frequentes são os principais alvos das peças publicitárias, muitas vezes em detrimento da sua saúde.

Regulamentação

Segundo a OMS, em todo o mundo, 3 milhões de pessoas morrem a cada ano como resultado do uso nocivo de álcool, uma a cada 10 segundos, representando cerca de 5% de todas as mortes.

Um número preocupante das mortes relacionadas ao álcool ocorre entre pessoas mais jovens. De acordo com os dados da OMS, o consumo exagerado de bebidas alcoólicas é responsável por 13,5% de todas as mortes entre pessoas com 20 a 39 anos.

Para o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, o álcool rouba a vida e o potencial dos jovens, suas famílias e sociedades.

Ele adiciona que, apesar dos claros riscos para a saúde, os controles sobre a comercialização do produto são muito mais fracos do que para outros psicoativos.

Assim, Tedros Ghebreyesus acredita que uma regulamentação melhor, bem aplicada e mais consistente do marketing do álcool salvaria e melhoraria a vida dos jovens em todo o mundo.

Revolução digital

Segundo a OMS, uma das maiores mudanças nos últimos anos em propagandas de álcool é o uso da internet.

A coleta e análise de dados sobre hábitos e preferências dos usuários por provedores globais online criaram crescentes oportunidades para os comerciantes de bebidas alcoólicas falarem diretamente ao público-alvo além de fronteiras nacionais.

A OMS explica que a publicidade em redes sociais é eficaz no uso desses dados, com seu impacto fortalecido por influenciadores sociais e compartilhamento de postagens entre usuários.

Uma fonte de dados citada no relatório calculou que mais de 70% dos gastos com mídia das principais empresas de bebidas alcoólicas sediadas nos Estados Unidos em 2019 foram em promoções, colocação de produtos e anúncios online nas redes sociais.

O responsável da Unidade de Álcool, Drogas e Comportamentos Aditivos da OMS, Dag Rekve, afirma que a crescente importância da mídia digital significa que o marketing do álcool alcança pessoas além das fronteiras.

Para ele, isso aumenta a dificuldade para que os países regulamentem e controlem efetivamente o marketing no setor, sendo necessária mais colaboração entre os países nesta área.

Danos à saúde

Segundo a OMS, a falta de regulamentação para lidar com o marketing além das fronteiras nacionais é uma preocupação particular para crianças e adolescentes, mulheres e consumidores frequentes.

Os estudos da OMS apontam que começar a beber álcool precocemente aumenta o consumo de risco na juventude.

Além disso, os adolescentes são mais vulneráveis aos danos do consumo de álcool do que os adultos. Áreas do mundo com populações jovens e em crescimento, como África e América Latina, estão sendo particularmente visadas.

A OMS afirma que o consumo de álcool entre as mulheres é um importante setor de crescimento para a produção e venda de bebidas.

Mulheres

Enquanto três quartos do álcool vendido mundialmente são consumidos por homens, a indústria de bebida alcóolica enxerga na menor taxa de consumo entre mulheres como uma oportunidade para aumentar seu mercado.

As propagandas muitas vezes retratam o consumo de mulheres como um símbolo de empoderamento e igualdade.

A OMS afirma que as estratégias passam por organizar iniciativas de responsabilidade social corporativa, sobre temas como câncer de mama e violência doméstica, e se envolverem com mulheres conhecidas por seu sucesso em áreas como esportes ou artes para promover marcas de álcool.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mulheres protestam contra norma do CFM sobre assistolia fetal
Saúde

Mulheres protestam contra norma do CFM sobre assistolia fetal

há 23 minutos atrás
Mulheres protestam contra norma do CFM sobre assistolia fetal
"Sistema de saúde do Haiti está à beira do colapso"
Saúde

"Sistema de saúde do Haiti está à beira do colapso"

22/05/2024 22:45
"Sistema de saúde do Haiti está à beira do colapso"
Ilha do Fogo em Cabo Verde dá exemplo de conservação ambiental e cultural
Clima e meio ambiente

Ilha do Fogo em Cabo Verde dá exemplo de conservação ambiental e cultural

22/05/2024 21:45
Ilha do Fogo em Cabo Verde dá exemplo de conservação ambiental e cultural
OMS pede mais dados sobre impacto da mudança climática em doenças tropicais
Saúde

OMS pede mais dados sobre impacto da mudança climática em doenças tropicais

22/05/2024 20:45
OMS pede mais dados sobre impacto da mudança climática em doenças tropicais
Gaza: Ajuda humanitária é suspensa em Rafah com intensificação de atividade militar
Paz e segurança

Gaza: Ajuda humanitária é suspensa em Rafah com intensificação de atividade militar

22/05/2024 19:45
Gaza: Ajuda humanitária é suspensa em Rafah com intensificação de atividade militar
Últimas Notícias