Dourados – MS quinta, 13 de maio de 2021
Dourados
26º max
14º min
Mundo

Nova iniciativa de paz dos EUA deve vir logo, diz presidente palestino

13 Abr 2011 - 15h35
Bandeira palestina em praia próximo à cidade de Gaza nesta terça-feira - Crédito: Foto: APBandeira palestina em praia próximo à cidade de Gaza nesta terça-feira - Crédito: Foto: AP
Os EUA precisam colocar em ação logo seu plano de ressuscitar as conversas de paz no Oriente Médio, antes que os palestinos busquem seu reconhecimento como Estado, disse um porta-voz do presidente palestino, Mahmoud Abbas, nesta quarta-feira (13).

\"É hora de o governo norte-americano agir, antes de setembro\", disse Nabil Abu Rdainah.

Dado o impasse atual, apesar dos 18 anos de negociações, líderes palestinos pretendem solicitar à Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em setembro, o reconhecimento de um Estado em todo o território ocupado por Israel em 1967. Isso incluiria Gaza, sobre a qual a Autoridade Palestina não tem controle no momento.

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, disse na terça-feira que os Estados Unidos planejam uma nova iniciativa para promover uma paz abrangente entre árabes e israelenses, dando a entender que Washington pressionará mais para tentar resolver o conflito israelo-palestino.

\"Conversas sobre planos e novas iniciativas não bastam. Os EUA deveriam desempenhar um papel efetivo e adotar uma política contundente contra assentamentos\", afirmou Abu Rdainah em resposta.

\"O governo começou a se dar conta de que a situação no Oriente Médio é perigosa\", acrescentou.

O primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad, deve conversar com representantes ocidentais em Bruxelas nesta quarta-feira, quando pedirá quase US$ 5 bilhões em investimentos para implantar um Estado palestino.

A ONU, o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional elogiaram os esforços de Fayyad nos últimos dois anos para estabelecer as instituições e atributos de um Estado moderno a tempo para a reunião da Assembleia Geral.

As conversas de paz entre Israel e os palestinos mediadas pelos EUA desmoronaram em setembro, fruto da disputa em torno do prosseguimento das construções judias nos assentamentos da Cisjordânia ocupada.

Em um discurso a formuladores de políticas árabes e norte-americanos que colocou especial ênfase na paz israelo-palestina, Hillary disse que o presidente Barack Obama delineará sua política para o Oriente Médio e o norte da África nas próximas semanas.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, fez um alerta contra medidas unilaterais como declarar a criação de um Estado, argumentando que uma solução só pode ser alcançada por meio de negociações diretas.


######(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tiroteio deixa pelo menos 11 mortos em escola na Rússia
Internacional

Tiroteio deixa pelo menos 11 mortos em escola na Rússia

11/05/2021 14:30
Tiroteio deixa pelo menos 11 mortos em escola na Rússia
Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19
Saúde

Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19

30/04/2021 18:30
Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19
Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno
Mundo

Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno

26/04/2021 14:12
Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno
Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping
Olimpíada

Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping

15/04/2021 10:00
Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro
mundo

Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro

14/04/2021 13:15
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro
Últimas Notícias