Dourados – MS segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32º max
15º min
Mundo

Mais de 2 milhões de refugiados terão de ser reassentados no próximo ano

Projeção é da Agência da ONU para Refugiados, Acnur; total representa aumento de 36% na comparação com necessidades deste ano

22 Jun 2022 - 14h45Por ONU News
Família de refugiados da Eritreia aguarda reassentamento na Holanda - Crédito:   UNHCR/Stefan LorintFamília de refugiados da Eritreia aguarda reassentamento na Holanda - Crédito: UNHCR/Stefan Lorint

A Agência da ONU para Refugiados, Acnur, está projetando um aumento de 36% do total de refugiados que precisará ser reassentado em 2023. Neste ano, 1,47 milhão de deslocados estão nessa situação, mas no próximo ano, mais de 2 milhões de refugiados precisarão ser abrigados em outros locais. 

O Acnur menciona alguns motivos para a alta: impactos humanitários da pandemia de Covid-19 e surgimento de novas situações de deslocamento no último ano.  

Sírios 

A maioria dos refugiados que precisarão ser reassentados está no continente africano, aproximadamente 662 mil pessoas. Oriente Médio e Turquia aparecem logo em seguida.   

Por país de origem, os refugiados da Síria são o grupo com a maior necessidade global de reassentamento: mais de 777 mil sírios estão nesta situação.  

Medida de proteção

O Acnur menciona ainda os refugiados do Afeganistão, desalojados durante diferentes períodos da “história turbulenta do país”. Para o próximo ano, mais de 274 mil afegãos precisarão ser realocados.  

Na sequência, estão civis da República Democrática do Congo, do Sudão do Sul e de Mianmar. Segundo a agência da ONU, o sistema de reassentamento, que envolve a transferência de refugiados de um país de asilo para outra nação que concordou em recebê-los e em fornecer assentamento permanente, está disponível apenas para uma fração dos refugiados do mundo. 

O Acnur está pedindo aos países para acelerarem os procedimentos de reassentamento o quanto antes e lembra que a medida garante a proteção daqueles refugiados que estão sob maior risco.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Legalização de cannabis aumentou o consumo diário, afirma estudo da ONU
Mundo

Legalização de cannabis aumentou o consumo diário, afirma estudo da ONU

03/07/2022 22:15
Legalização de cannabis aumentou o consumo diário, afirma estudo da ONU
Bachelet pede que Talibã respeite os direitos das mulheres
Mundo

Bachelet pede que Talibã respeite os direitos das mulheres

03/07/2022 19:15
Bachelet pede que Talibã respeite os direitos das mulheres
Nações Unidas celebram centésimo Dia Internacional das Cooperativas
Mundo

Nações Unidas celebram centésimo Dia Internacional das Cooperativas

02/07/2022 17:45
Nações Unidas celebram centésimo Dia Internacional das Cooperativas
Brasil assume presidência do Conselho de Segurança da ONU em julho
Mundo

Brasil assume presidência do Conselho de Segurança da ONU em julho

01/07/2022 19:15
Brasil assume presidência do Conselho de Segurança da ONU em julho
Comissão debate regulamentação da profissão de musicoterapeuta
Saúde

Comissão debate regulamentação da profissão de musicoterapeuta

01/07/2022 09:45
Comissão debate regulamentação da profissão de musicoterapeuta
Últimas Notícias