Dourados – MS quinta, 21 de janeiro de 2021
Dourados
30º max
21º min
Influx
Mundo

Jogador envolvido em acidente admitiu que bebeu

20 Jun 2011 - 18h39
O atacante Dudu, do Figueirense
 - Crédito: Foto: Divulgação/Site do clubeO atacante Dudu, do Figueirense - Crédito: Foto: Divulgação/Site do clube
O jogador do Figueirense Eduardo Francisco da Silva Neto, conhecido como Dudu, de 31 anos, teria admitido em depoimento à polícia que bebeu entre 8 e 10 garrafas de cerveja antes do acidente que causou a morte de três pessoas na madrugada de domingo (19), conforme explicou ao G1 o delegado Jaime Martins.

O jogador dirigia o veículo e estava com outros quatro acompanhantes, quando perdeu o controle da direção e bateu contra um poste no km 5,8 da Via Expressa Sul em Florianópolis (SC). Dois rapazes morreram carbonizados no local. Segundo a polícia, um terceiro rapaz foi arremessado para fora do veículo e chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Dudu e outro amigo sobreviveram ao acidente com ferimentos leves.

De acordo com o delegado, o atleta foi ouvido no domingo, após ser preso em flagrante e autuado por homicídio culposo. O jogador pagou uma fiança de R$ 2.725,00 para ser liberado. “Dudu disse no depoimento que eles beberam de oito a dez garrafas de cerveja. Ele estava no bar de um shopping em São José, com os amigos e uma amiga. Ele foi deixar a moça em casa, perto do aeroporto, e no retorno, ele contou que se perdeu e acabou batendo no concreto de uma placa de sinalização”, afirmou o delegado.

Segundo Martins, os três homens que viajavam no banco traseiro do veículo estavam sem cinto de segurança. “Um foi jogado para fora com o impacto. Os outros morreram carbonizados. O Instituto Médico Legal agora está com dificuldades para fazer o reconhecimento dos corpos, porque a família de uma das vítimas não encontrou fichas em consultórios odontológicos. Vamos solicitar aos parentes material para exames de DNA para reconhecimento dos corpos”, afirmou.

Após o acidente, a Polícia Rodoviária Federal descobriu que o atleta não possui Carteira Nacional de Habilitação e apresentava sinais de embriaguez, mas o jogador se recusou a fazer o teste do bafômetro. Segundo o delegado, a PRF fez um auto de constatação de embriaguez.

Nesta segunda-feira (20), parentes das vítimas compareceram à delegacia em Florianópolis. O delegado pretende ouvir nesta semana o outro rapaz que estava no veículo e sobreviveu.

“Estou tentando fazer contato com o Dudu para saber se ele ainda está em Florianópolis ou se já foi embora para o Rio [de Janeiro], onde mora a família dele. Eu preciso ouvir o outro sobrevivente e, se possível, alguma testemunha, mas sei que é complicado por causa do horário. Estou aguardando também os laudos da perícia”, afirmou o delegado, que tem 30 dias para concluir o inquérito.

Em nota, a assessoria de imprensa do Figueirense Futebol Clube lamentou o ocorrido e diz que o time se solidariza com as famílias das vítimas. O clube também afirmou que está prestando atendimento ao atleta, que foi medicado e liberado do hospital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

20/01/2021 15:26
Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Futebol

Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial

20/01/2021 09:57
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Tênis

Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena

20/01/2021 07:52
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia

09/01/2021 10:02
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Trump diz que não vai à posse de Biden

08/01/2021 15:04
Últimas Notícias