Dourados – MS segunda, 10 de maio de 2021
Dourados
33º max
16º min
Vacinação 2
Mundo

Itália anuncia plano de austeridade

30 Jun 2011 - 18h35
O premiê da Itália, Silvio Berlusconi, e o ministro de Finanças, Giulio Tremoni, em entrevista nesta quinta-feira - Crédito: Foto: APO premiê da Itália, Silvio Berlusconi, e o ministro de Finanças, Giulio Tremoni, em entrevista nesta quinta-feira - Crédito: Foto: AP
Fonte: Da Reuters


O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, anunciou nesta quinta-feira (30) a adoção de um plano de austeridade que pretende reduzir o déficit público para 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2014.

O plano foi adotado em uma reunião de gabinete que ocorreu em meio a tensões no governo por conta de preocupações crescentes de investidores sobre o risco de contágio da crise da dívida grega para outras partes da zona do euro.

"Um orçamento equilibrado deve ser um objetivo comum", disse Berlusconi, pedindo aos partidos de oposição que apoiem o plano quando este for para o Parlamento.

O plano "não pretende substituir o governo, que foi eleito com legitimidade e permanecerá no poder até o fim de seu mandato".

Berlusconi e seu partido, Povo da Liberdade, sofreram fortes derrotas nos últimos meses nas eleições locais e em uma série de referendos, sendo que vários analistas previram a saída do premier de 74 anos.

Falando em entrevista coletiva ao lado de Berlusconi, o ministro da Economia, Giulio Tremonti, disse: "Não é apenas um objetivo econômico, também é um objetivo moral e cívico. Um país em déficit tem um déficit de honestidade", disse.

Na Grécia

Também nesta quinta, o primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, obteve uma maioria do Parlamento nesta quinta-feira (30) em favor da implementação de um plano de austeridade de cinco anos, requerido por União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI) para liberar ajuda financeira.

O Parlamento aprovou a lei detalhada para implementação de um plano de austeridade de cinco anos, por 155 votos a 136, assegurando acesso a ajuda. Eram necessários pelo menos 151 votos, de um total de 300 parlamentares.

União Europeia e FMI demandaram que a Grécia aprovasse o plano antes de desembolsar 12 bilhões de euros da próxima parcela do pacote de ajuda concedido ao país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19
Saúde

Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19

30/04/2021 18:30
Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19
Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno
Mundo

Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno

26/04/2021 14:12
Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno
Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping
Olimpíada

Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping

15/04/2021 10:00
Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro
mundo

Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro

14/04/2021 13:15
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro
Índia tem recorde de casos; Mumbai prepara novo lockdown
COVID-19

Índia tem recorde de casos; Mumbai prepara novo lockdown

14/04/2021 12:03
Índia tem recorde de casos; Mumbai prepara novo lockdown
Últimas Notícias