Dourados – MS sábado, 18 de maio de 2024
20º
Ajuda humanitária

Inundações deixam 540 vítimas no nordeste do Afeganistão

Chuvas destruíram 3 mil casas, 10 mil acres de plantações e deixaram 2 mil animais de criação mortos

15 Mai 2024 - 22h45Por ONU News
As enchentes estão afetando as comunidades no nordeste do Afeganistão - Crédito:  UnicefAs enchentes estão afetando as comunidades no nordeste do Afeganistão - Crédito: Unicef

As inundações repentinas que atingiram o nordeste do Afeganistão nos dias 10 e 11 de maio deixaram um rastro de destruição, afetando 18 distritos em três províncias: Baghlan, Badakhshan e Takhar. 

As informações do Programa Mundial de Alimentos, PMA, indicam que cerca de 540 pessoas foram mortas ou feridas e aproximadamente 3 mil casas foram destruídas. Além disso, 10 mil acres de plantações foram arrasados e 2 mil animais de criação foram mortos.

Pontos críticos de fome

O chefe interino do PMA no Afeganistão, Timothy Anderson, destacou que muitos sobreviventes não têm para onde voltar e estão preocupados com suas terras agrícolas danificadas, sua única fonte de sustento. 

Os suprimentos são preparados para distribuição após as enchentes no nordeste do Afeganistão.Foto: © Unocha

 

Essas comunidades já estavam enfrentando dificuldades, sendo que dois dos distritos afetados estavam em "pontos críticos de fome". As inundações ocorreram após um inverno especialmente seco, exacerbando a situação dessas comunidades.

Durante coletiva de imprensa, Anderson reiterou o compromisso do PMA em fornecer assistência igualitária a todos. No entanto, ele expressou preocupação com a redução da assistência alimentar e seu potencial impacto negativo na nutrição da população afegã. 

Limitações de financiamento

O PMA solicita cerca de US$ 1 bilhão para financiar alimentos em 2024, mas apenas 30% desse valor foi financiado até o momento, devido à competição por recursos limitados no cenário humanitário atual.

O representante da Organização Mundial da Saúde, OMS, Christian Lindmeier, relatou que várias instalações de saúde continuam inoperantes após as enchentes. 

A OMS já entregou sete toneladas métricas de suprimentos médicos e enviou especialistas médicos para as áreas afetadas. Dezessete equipes móveis de saúde foram mobilizadas para oferecer suporte aos serviços de saúde nas regiões afetadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento
Desenvolvimento econômico

Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento

17/05/2024 22:30
Decisão do FMI pode gerar US$ 80 bilhões em recursos para países em desenvolvimento
Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão
Paz e segurança

Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão

17/05/2024 21:15
Chefe de direitos humanos pede a comandantes que parem escalada da violência no Sudão
Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis
Paz e segurança

Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis

17/05/2024 20:15
Crise na Ucrânia piora com ataques de drones e bombas planadoras contra civis
Atividades médicas ficam cada vez mais limitadas em Gaza
Ajuda humanitária

Atividades médicas ficam cada vez mais limitadas em Gaza

17/05/2024 14:45
Atividades médicas ficam cada vez mais limitadas em Gaza
ONU revisa previsão econômica global para cima, mas mantém cautela
Desenvolvimento econômico

ONU revisa previsão econômica global para cima, mas mantém cautela

16/05/2024 21:45
ONU revisa previsão econômica global para cima, mas mantém cautela
Últimas Notícias