Dourados – MS terça, 19 de janeiro de 2021
Dourados
28º max
20º min
Influx
Mundo

Identidade da mulher que recebeu milagre de Irmã Dulce é revelada

13 Mai 2011 - 14h15
Cláudia, o filho Gabriel e o marido Franci - Crédito: Foto: G1 BACláudia, o filho Gabriel e o marido Franci - Crédito: Foto: G1 BA
Um segredo mantido a sete chaves pela Igreja Católica acaba de ser revelado: a identidade da mulher que teria recebido o primeiro milagre atribuído à Irmã Dulce. Cláudia Cristiane Santos de Araújo, de 42 anos, mora na cidade de Malhador, no interior de Sergipe. Cláudia trabalha na prefeitura do município, e é casada com o motorista de caminhão Francisco Assis de Araújo.

Nesta sexta-feira (13), as principais testemunhas da história estiveram em Salvador e participaram de uma entrevista coletiva para contar com detalhes como tudo aconteceu.

No dia 10 de janeiro de 2001, ela se internou na maternidade São José, em Itabaiana, cidade vizinha a Malhador, para dar à luz Gabriel, o segundo filho do casal. Na madrugada do dia 11, logo após o parto, uma hemorragia muito grave a deixou entre a vida e a morte. Cláudia sofria de uma rara doença que impede a coagulação do sangue.

A equipe médica, comandada pelo obstetra Antônio Cardoso, esgotou todos os recursos disponíveis na maternidade e não conseguiu controlar o sangramento. Cláudia foi submetida a três cirurgias. Na última, os médicos fecharam o abdômen e conversaram com a família. \"Não havia mais o que fazer, só rezar\", diz o obstetra Antônio Cardoso. Ele se recolheu e, quando se preparava para assinar o atestado de óbito, foi surpreendido com a notícia da melhora repentina de Cláudia. \"Os procedimentos da medicina salvam muitas vidas, mas não fazem milagre\", afirmou o doutor Cardoso. Segundo ele, não há explicação médica para o que aconteceu.

O milagre atribuído à Irmã Dulce teria ocorrido a pedido do padre José Almi de Menezes, da paróquia de Nossa Senhora das Dores, amigo da família de Cláudia. Quando soube da gravidade do caso, o padre correu para a maternidade com uma foto da Irmã em mãos. Diante do leito onde os médicos realizam os procedimentos cirúrgicos, invocou a intercessão da freira. A foto de Irmã Dulce foi colocada no suporte do soro. O padre deixou a maternidade e iniciou uma corrente de orações.

O milagre foi investigado por uma comissão eclesiástica do Vaticano. Depois de sete anos, ouvindo os personagens, as testemunhas e todas as pessoas envolvidas na história, a Irmã Dulce foi declarada beata. A festa de beatificação será no dia 22 de maio, no Parque de Exposições, em Salvador. Este é o penúltimo passo para a canonização da freira. Para se tornar Santa Dulce dos Pobres, mais um milagre deverá ser comprovado, operado pelo Anjo Bom da Bahia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia

09/01/2021 10:02
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Trump diz que não vai à posse de Biden

08/01/2021 15:04
Trump insiste que não aceitará vitória de Biden; apoiadores protestam contra certificação da vitória democrata no Congresso
Mundo

Trump insiste que não aceitará vitória de Biden; apoiadores protestam contra certificação da vitória democrata no Congresso

06/01/2021 13:42
Trump insiste que não aceitará vitória de Biden; apoiadores protestam contra certificação da vitória democrata no Congresso
Índia não vai permitir a exportação da vacina de Oxford, diz fabricante
Covid-19

Índia não vai permitir a exportação da vacina de Oxford, diz fabricante

04/01/2021 15:07
Índia não vai permitir a exportação da vacina de Oxford, diz fabricante
Japonesa mais idosa do mundo faz aniversário de 118 anos
Mundo

Japonesa mais idosa do mundo faz aniversário de 118 anos

02/01/2021 17:02
Japonesa mais idosa do mundo faz aniversário de 118 anos
Últimas Notícias