Dourados – MS quarta, 24 de julho de 2024
21º
Mundo

Horário de verão termina à meia noite deste sábado

20 Fev 2016 - 07h00Por Do Progresso
Horário de verão termina à meia noite deste sábado -
O horário de verão termina no Brasil à meia-noite da passagem deste sábado (20), para domingo (21). Os relógios deverão ser atrasados em uma hora no Distrito Federal e em 10 estados.


A medida teve início no dia 18 de outubro de 2015. Pela legislação, prevista no decreto nº 6.558/2008, o horário de verão vigora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.


Tiveram mudança de horário os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.


O decreto fixa a duração de quatro meses, a partir de 0h do terceiro domingo do mês de outubro de cada ano, até zero hora do terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte, em parte do País.


O horário de verão é mais eficaz nos Estados mais distantes da Linha do Equador, onde há uma diferença significativa na luminosidade durante a estação. Por isso, a medida não é mais aplicada nas regiões Norte e Nordeste do País.


De acordo com o Ministério de Minas e Energia (MME), a mudança de horário reduzirá a demanda em aproximadamente 2.610 megawatts (MW).


Esta é a 40ª edição do horário de verão no país. A primeira vez ocorreu no verão de 1931/1932. O objetivo é estimular o uso racional e adequado da energia elétrica.


“A estimativa de ganhos com a adoção do horário de verão supera o patamar de R$ 4 bilhões por ano, que representa o valor do custo evitado em investimentos no sistema elétrico para atender a uma demanda adicional prevista, de aproximadamente 2.250 MW no parque gerador nacional, um valor certamente muito expressivo”, informou o Ministério de Minas e Energia em outubro de 2015.


Segundo o ministério, nos últimos dez anos, o horário diferenciado em parte do país durante o verão tem possibilitado uma redução média de 4,6% na demanda por energia no horário de pico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo retrocedeu 15 anos no combate à fome, diz estudo da ONU
ODS

Mundo retrocedeu 15 anos no combate à fome, diz estudo da ONU

há 55 minutos atrás
Mundo retrocedeu 15 anos no combate à fome, diz estudo da ONU
Uma em cada 11 pessoas pode ter passado fome em 2023
FAO

Uma em cada 11 pessoas pode ter passado fome em 2023

24/07/2024 17:30
Uma em cada 11 pessoas pode ter passado fome em 2023
Cassinos online movimentam cifra surpreendente no Brasil
artigo

Cassinos online movimentam cifra surpreendente no Brasil

24/07/2024 16:52
Cassinos online movimentam cifra surpreendente no Brasil
Aumento do calor na Europa e Ásia Central mata quase 400 crianças por ano
Clima e meio ambiente

Aumento do calor na Europa e Ásia Central mata quase 400 crianças por ano

23/07/2024 22:45
Aumento do calor na Europa e Ásia Central mata quase 400 crianças por ano
Eventos atuais indicam "ameaça crescente à navegação no Mar Vermelho", alerta ONU
Paz e segurança

Eventos atuais indicam "ameaça crescente à navegação no Mar Vermelho", alerta ONU

23/07/2024 22:15
Eventos atuais indicam "ameaça crescente à navegação no Mar Vermelho", alerta ONU
Últimas Notícias