Dourados – MS quinta, 13 de maio de 2021
Dourados
26º max
14º min
Mundo

Hillary afirma que vai se reunir com representantes da oposição da Líbia

10 Mar 2011 - 14h35
A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, fala no Senado nesta quinta-feira - Crédito: Foto: ReutersA secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, fala no Senado nesta quinta-feira - Crédito: Foto: Reuters
A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, afirmou que vai se reunir com integrantes da oposição líbia na próxima semana, durante sua visita ao Egito e à Tunísia.

\"Vamos nos reunir com a oposição dentro e fora da Líbia\", disse Hillary no Congresso dos EUA.

O governo dos EUA vem manifestando apoio ao Conselho Nacional Líbio, que tenta derrubar o regime do ditador Muammar Kadhafi, no poder na Líbia desde 1969.

\"Me reunirei com alguns eles, tanto nos EUA como durante a viagem na semana próxima, para debater o que mais os EUA e outros países podem fazer.\"

Hillary também disse que é necessário consenso internacional para decidir os próximos passos na questão líbia, afirmando que qualquer ação unilateral americana poderia ter consequências imprevisíveis.


Segundo elas, muitos países seguem \"ambivalentes\" em relação à estratégia a ser adotada.

Hillary afirmou que os EUA estão preocupados com a possibilidade de Kadhafi ter armas químicas e outras \"coisas horríveis\" em seu arsenal.

Hillary também afirmou que os EUA planejam fechar a Embaixada da Líbia no país, localizada em Washington.

A viagem de Hillary a Egito e Tunísia será a primeira dela após os países terem derrubado seus regimes ditatoriais no início do ano, iniciando uma onda de protestos por democracia e reformas econômicas e políticas nos países árabes.

\"Pretendo transmitir o forte apoio do governo Obama e do povo norte-americano, de que queremos ser parceiros no importante trabalho que está à frente à medida em que embarcam numa transição para uma democracia genuína\", disse Hillary a um painel do Congresso na quinta-feira.

\"Temos um interesse enorme em garantir que Egito e Tunísia forneçam modelos para o tipo de democracia que queremos ver\", afirmou Hillary, dizendo que planeja falar diretamente ao povo tunisiano e egípcio durante a visita.

Hillary estará em Paris nos dias 14 e 15 de março para um encontro de ministros de Relações Exteriores do Grupo dos Oito e depois viajará ao Egito e à Tunísia entre 15 e 17 de março, informou o Departamento de Estado norte-americano.

O giro de Hillary pelo Oriente Médio permitirá que ela avalie por si mesma a situação no Egito, onde os EUA apoiaram fortemente os manifestantes que acabaram forçando a renúncia do presidente Hosni Mubarak, antigo aliado dos EUA, em fevereiro.

Ela também conversará com as autoridades do governo de transição da Tunísia, país que lançou em janeiro a onda de agitação política que varre o mundo árabe, com os protestos populares que derrubaram o presidente Zine Al-Abidine Ben Ali.


(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tiroteio deixa pelo menos 11 mortos em escola na Rússia
Internacional

Tiroteio deixa pelo menos 11 mortos em escola na Rússia

11/05/2021 14:30
Tiroteio deixa pelo menos 11 mortos em escola na Rússia
Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19
Saúde

Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19

30/04/2021 18:30
Na OMS, Queiroga faz apelo por liberação de vacinas contra covid-19
Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno
Mundo

Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno

26/04/2021 14:12
Autoridades iranianas proíbem bahá’ís de ter um enterro digno
Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping
Olimpíada

Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping

15/04/2021 10:00
Cortes em razão da covid-19 impactam programa antidoping
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro
mundo

Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro

14/04/2021 13:15
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro
Últimas Notícias