Dourados – MS quarta, 27 de janeiro de 2021
Dourados
31º max
22º min
Influx
Mundo

Governo sírio tortura manifestantes e agride jornalistas

15 Abr 2011 - 14h35
Manifestantes pró-governo vão às ruas de Damasco, capital da Síria, nesta sexta-feira - Crédito: Foto: APManifestantes pró-governo vão às ruas de Damasco, capital da Síria, nesta sexta-feira - Crédito: Foto: AP
As forças de segurança da Síria prenderam centenas de manifestantes de forma arbitrária desde que os protestos pró-democracia irromperam, há um mês,s e os sujeitaram a tortura e maus tratos, relatou a entidade de direitos humanos Human Rights Watch nesta sexta-feira (15).

As forças, que incluem a Al-mukhabarat (polícia secreta), também detiveram e torturaram ativistas de direitos humanos, escritores e jornalistas que relataram ou apoiaram os protestos contra o governo do presidente Bashar al-Assad, declarou a organização internacional sediada em Nova York.

\"Não pode haver verdadeiras reformas na Síria se as forças de segurança abusam das pessoas impunemente\", disse Joe Stork, vice-diretor para o Oriente Médio da entidade, em um comunicado.

\"Ao silenciar aqueles que escrevem sobre os eventos, as autoridades sírias esperam esconder sua brutalidade. Mas a repressão a jornalistas e ativistas só ressalta seu comportamento criminoso\", disse.

O grupo disse que pelo menos sete jornalistas foram detidos.

Não houve comentários imediatos das autoridades sírias, que têm recebido críticas crescentes do Ocidente por usar a força para conter as manifestações que se espalharam por várias partes da Síria desde sua irrupção na cidade de Deraa, no sul, em 18 de março. Estima-se que 200 pessoas foram mortas.

A Human Rights Watch entrevistou 19 detidos libertados, incluindo três adolescentes. Com exceção de dois deles, todos disseram que agentes da mukhabarat os espancaram e que testemunharam dezenas de outros detidos sendo espancados ou ouviram gritos de pessoas sendo espancadas.

#####Novos protestos
Milhares de pessoas foram às ruas depois das orações de sexta-feira gritando \'liberdade\' em Deraa.

\"Manifestações começaram em todas as mesquitas da cidade, incluindo a mesquita Omari... O número de pessoas supera 10 mil manifestantes até o momento\", disse o ativista à Reuters por telefone, de Deraa.

Segundo o ativista, não havia presença do Exército em Deraa desde a noite de quinta-feira, após uma reunião entre o presidente e líderes locais.

\"O Exército não está dentro da cidade, há muitos oficiais de segurança aqui, mas não estão presentes nas ruas\", afirmou. \"ouve melhora desde a noite passada, mas as pessoas ainda não estão satisfeitas.\"

Ele disse que as pessoas estavam gritando: \"Liberdade, liberdade, pacífica, pacífica.\"

Deixe seu Comentário

Leia Também

Larry King, apresentador, morre aos 87 anos
Mundo

Larry King, apresentador, morre aos 87 anos

23/01/2021 14:05
Larry King, apresentador, morre aos 87 anos
Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

20/01/2021 15:26
Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Futebol

Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial

20/01/2021 09:57
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Tênis

Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena

20/01/2021 07:52
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia

09/01/2021 10:02
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Últimas Notícias