Dourados – MS sexta, 04 de dezembro de 2020
Dourados
30º max
21º min
Imaculada-Desk
Imaculada-Mobile
Mundo

Funerais na Síria reúnem 20.000 pessoas

24 Mar 2011 - 20h35
Mulher observa rua vazia na cidade de Deraa, na Síria, perto da mesquita Al Omari - Crédito: Foto: Hussein Malla/APMulher observa rua vazia na cidade de Deraa, na Síria, perto da mesquita Al Omari - Crédito: Foto: Hussein Malla/AP
Cerca de 20.000 pessoas participaram nesta quinta-feira (24), na cidade de Deraa, no sul da Síria, dos funerais das mais de 100 vítimas das forças de segurança. Em Damasco, fontes oficiais anunciavam \"decisões importantes\" para responder às aspirações do povo.

Os manifestantes saíram da mesquita Al Omari em direção ao cemitério, gritando slogans em homenagem às vítimas de quarta (23).

\"Há certamente mais de 100 mortos, e a cidade precisa de uma semana para enterrá-los\", afirmou Auman al Asuad, ativista dos direitos humanos sírio, em entrevista por telefone à AFP.

As forças de segurança prenderam centenas de pessoas em Deraa, epicentro do nascente movimento de protesto contra o regime do Partido Baath, submetido à violenta repressão da polícia há vários dias. \"A quantidade de pessoas presas é enorme\", indicou al Asuad.

#####\'Decisões importantes\'
O governador de Deraa, Faysal Kalthum, foi destituído na quarta por decreto direto do presidente Bashar al Assad, que desde o começo das manifestações mantém silêncio.

Nesta quinta, entretanto, as autoridades anunciaram \"decisões importantes\" para responder às aspirações do povo sírio.

\"A Síria tomará decisões importantes para responder às aspirações do povo, e o povo participará de todas as decisões que serão tomadas\", declarou Busaina Chaabane, assessora do presidente Al Assad.

Na quarta, as autoridades sírias atribuíram os distúrbios a \"uma quadrilha armada\", acusando os manifestantes de terem matado quatro pessoas e de \"armazenar armas na mesquita\" Al Omari, ponto de concentração dos protestos.

O governo afirmou ainda que mensagens por celular, a maioria enviadas de Israel, estavam incitando os sírios a provocar os distúrbios.

O Partido Baath, do presidente Bashar Al Assad, está no poder há mais de 40 anos. Bashar Al Assad assumiu a presidência em julho de 2000, depois da morte de seu pai, Hafez Al Assad, que governou a Síria durante três décadas.

#####Protestos
O movimento de protesto na Síria começou de fato no dia 15 de março, com um chamado lançado numa página do Facebook entitulada \"A revolução síria contra Bashar Al Assad 2011\".

O site que convocou os protestos voltou a pedir aos sírios que se manifestem na sexta (25) por todo o país.

\"Chamamos o povo sírio a protestar e a anunciar sua rejeição à injustiça e à repressão em Deraa e em toda a Síria\", diz a página.

\"Seguiremos com nossas manifestações pacíficas até que nossos objetivos de liberdade e dignidade se realizem\".

#####Prisões
ONGs internacionais e sírias denunciaram uma onda de prisões. Entre os detidos estariam o blogueiro Ahmad Hanifa e o jornalista Mazen Darouiche.

A Anistia Internacional divulgou uma lista de 93 pessoas detidas em março por todo o país, indicando que \"o número real de pessoas presas é provavelmente muito mais alto\".

Os presos teriam entre 14 e 45 anos de idade, e seriam principalmente estudantes, intelectuais, jornalistas e ativistas.

Nesta quinta, as ruas de Deraa estavam desertas, segundo uma testemunha que também falou à AFP por telefone.

\"Nossa cidade é muito animada, mas hoje as ruas estão vazias\", indicou Amal, moradora da cidade, que fica na fronteira com a Jordânia.

\"As escolas estão fechadas e a maioria das lojas também. Deraa parece uma cidade fantasma\", acrescentou. (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Reino Unido aprova vacina da Pfizer; aplicação começa na próxima semana
MUNDO

Reino Unido aprova vacina da Pfizer; aplicação começa na próxima semana

02/12/2020 11:16
Reino Unido aprova vacina da Pfizer; aplicação começa na próxima semana
Direitos Humanos

Invasões em casas no Irã indicam aumento alarmante de violações de direitos humanos contra bahá'ís

02/12/2020 08:18
Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos
futebol

Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos

25/11/2020 13:01
Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos
Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos

07/11/2020 16:04
Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos
PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA
Mundo

PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA

06/11/2020 09:37
PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA
Últimas Notícias