Dourados – MS sexta, 04 de dezembro de 2020
Dourados
30º max
21º min
Imaculada-Desk
Imaculada-Mobile
Mundo

Fitch rebaixa nota de risco da Líbia diante de intensificação de protestos

21 Fev 2011 - 20h35
Manifestante mostra cartaz contrário ao presidente da Líbia, Muammar Kadhafi, durante protesto no Cairo, capital do Egito, nesta segunda-feira - Crédito: Foto: ReutersManifestante mostra cartaz contrário ao presidente da Líbia, Muammar Kadhafi, durante protesto no Cairo, capital do Egito, nesta segunda-feira - Crédito: Foto: Reuters
A agência de classificação de risco Fitch revisou para baixo, nesta segunda-feira (21) o nível de risco da Líbia, de \'BBB+\' para \'BBB\', e deixou aberta a possibilidade de novo corte na nota diante da situação política complicada no país, com escalada da violência que deixou centenas de mortos.


O diretor do departamento de ratings soberanos da Fitch, Charles Seville, disse que o rebaixamento reflete a \"erupção do risco político\" no país em meio a manifestantes que buscam acabar com o mandato de mais de 40 anos de Muamar Gadafi.

Várias cidades líbias, entre elas Benghazi e Syrte, estão dominadas por manifestantes, depois de relatos de deserções nas fileiras do Exército e da polícia, segundo testemunhas e a Federação Internacional de Direitos Humanos.

A entidade calcula entre 300 e 400 o número de mortos desde o início da rebelião. Segundo a Human Rights Watch, ao menos 233 morreram.

\"Muitas cidades foram tomadas, principalmente no leste. Os militares estão debandando\", disse a presidente da FIDH, Souhayr Belhassen, citando principalmente Benghazi, reduto da oposição, e Syrte, cidade natal do coronel Muammar Kadhafi, que preside o país desde 1969. Outras testemunhas, no entanto, desmentiram que Syrte tivesse sido tomada.

(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Reino Unido aprova vacina da Pfizer; aplicação começa na próxima semana
MUNDO

Reino Unido aprova vacina da Pfizer; aplicação começa na próxima semana

02/12/2020 11:16
Reino Unido aprova vacina da Pfizer; aplicação começa na próxima semana
Direitos Humanos

Invasões em casas no Irã indicam aumento alarmante de violações de direitos humanos contra bahá'ís

02/12/2020 08:18
Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos
futebol

Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos

25/11/2020 13:01
Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos
Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos

07/11/2020 16:04
Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos
PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA
Mundo

PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA

06/11/2020 09:37
PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA
Últimas Notícias